conecte-se conosco

Comportamento

Banho no Lago Paranoá? Confira os melhores locais

Para melhor orientar os banhistas da represa, a Caesb instalou placas de sinalização

Banho no Lago Paranoá
Foto: Rayra Paiva Franco/O Panorama

A fim de orientar os banhistas do Lago Paranoá, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) instalou 23 novas placas de sinalização e revitalizou nove totens já existentes às margens das águas. As placas orientam os banhistas sobre os locais adequados e inadequados para tomar banho no Lago.

Por isso, O Panorama listou os principais locais de banho no “mar” de Brasília. Confira:

  • Prainha do Lago Paranoá Norte ML 05
  • Prainha da SHIN QL 11 – Lago Paranoá Norte
  • Praia do Parque Ecológico das Garças
  • Praia do Caias da Concha Acústica
  • Praia da Orla da Ermida Dom Bosco
  • Praia da Ponte JK
  • Praia da Península dos Ministros
  • Praia do Anfiteatro Natural do Lago Sul
  • Praia da Praça dos Orixás
Foto: Marco Peixoto (Caesb).

Despoluição do Lago Paranoá

Que o Lago Paranoá é uma construção feita pelo homem não é novidade. O lugar tão contemplado pelos brasilienses possui uma história de superação. Durante os anos de 1960 e 1980, foi considerado a represa mais poluída do Brasil. No entanto, a partir do final da década de 1990, o Lago passou a ser exemplo de reservatório urbano tropical com a qualidade da água recuperada.

O Programa de Despoluição do Lago Paranoá fez tanto sucesso que nas duas últimas décadas ampliou a enorme gama de usos múltiplos de suas águas, com destaque para os esportes náuticos e atividades de lazer.

A Caesb deselvonveu um programa sistemático e contínuo de monitoramento e avaliação das características limnológicas da represa. O programa visa avaliar a adequabilidade da água para fins de recreação de contato primário. O programa permite ainda custear medidas de restauração do ecossistema aquático, especialmente no lago ou por galerias de águas pluviais.

Comportamento

Taquari e Sobradinho II ficam sem água nesta quarta-feira (11), afirma Caesb

De acordo com a companhia, a suspensão do serviço será das 8h às 23h50 para manutenção da rede de água

Publicado

on

Corte de água: Taquari e Sobradinho II
Foto: Rayra Paiva Franco/O Panorama

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vai realizar manutenção na rede de distribuição de água de Taquari e Sobradinho II. Para que aconteça, o órgão vai interromper o fornecimento de água nos dois locais nesta quarta-feira (13), das 8h às 23h50.

Para que a população se antecipe, a Caesb anunciou quais as regiões serão afetadas pelo corte de água. Confira abaixo todas as localidades.

TAQUARI (TODA LOCALIDADE)

 Setor Habitacional Taquari; Polícia Rodoviária Federal; Setor de Concessionárias e de Comércios do Setor Habitacional Taquari (margem da EPIA) e SPMN (Setor de Postos e Motéis Norte).

SOBRADINHO/SOBRADINHO II

 Condomínios: Império dos Nobres, Antares, RK e Centauro; Parque Rodoviário do DER-DF; Departamento de Polícia Federal e Núcleo Rural Olhos d’Água.

TODOS OS CONDOMÍNIOS DA DF-150 E GRANDE COLORADO

Chácara São Jorge, Vivendas Friburgo, Jardim Europa I, Colorado Ville, Chácara Beija-Flor, Vivendas Alvorada II, Bem Estar, Boa Sorte, Petrópolis, Morada, Morro do Sansão, Condomínio São José, Condomínio Contagem, Condomínio Residencial Sobradinho, Condomínio Serra Dourada II, Condomínio Meu Sonho, Condomínio Alvorada dos Pássaros, Condomínio Planalto, Condomínio Villa Rica, Condomínio Vila Rosada, Condomínio Vitória, Condomínio Mansões Sobradinho, Condomínio Comercial e Residencial Sobradinho.

Reserva de água

Todas as residências vão contar com uma reserva de volume mínimo de acordo com o consumo médio diário. A medida visa diminuir o impacto que o corte de água terá nas regiões afetadas.

A Resolução nº 14 da Adasa também determina que o usuário é responsável pela limpeza e desinfecção do reservatório antes da ligação definitiva da água. Por fim, a medida também estabelece que os moradores devem limpar e desinfetar semestralmente o reservatório.

Consumo consciente

A Caesb, visando auxiliar os moradores que vão ficar sem água nas duas regiões administrativas, separou algumas dicas para o consumo consciente de água. Uma vez que o volume de água consumido individualmente por cada morador impacta diretamente no abastecimento à toda a população.

  • Mantenha as torneiras fechadas para evitar desperdício, quando a água retornar.
  • Evite lavar roupas.
  • Não lave o carro.
  • O jardim pode esperar a rega.
  • Esqueça a mangueira. Varra a calçada.

Um banho de vinte minutos desperdiça, em média, 130 litros de água. Mais do que os 110 litros recomendados pela Organização das Nações Unidas (ONU) para uso diário por pessoa para necessidades de consumo e higiene.

Continue lendo

Comportamento

Restaurantes comunitários reabrem nesta segunda-feira (4) para refeições no local

As 14 unidades estavam funcionando como uma espécie de delivery desde março de 2020

Publicado

on

Foto: Rayra Paiva Franco/O PANORAMA

Após quase 10 meses fechados para impedir o recebimento de clientes presenciais, os restaurantes comunitários do DF reabrem nesta segunda-feira (4). As unidades, que trabalham desde março de 2020 entregando marmitas para famílias de baixa renda, volta a servir refeições que poderão ser consumidas nos locais.

A dinâmica de trabalho dos restaurantes comunitários mudou com a pandemia do novo coronavírus. As unidades, que serviam milhares de refeições diárias, passaram a funcionar como uma espécie de delivery.

O número de refeições, porém, continuou alto. Segundo dados do Governo do Distrito Federal (GDF), cerca de 23 mil refeições diárias foram servidas por todas as unidades da capital federal. Todos os 14 restaurantes comunitários vendem café da manhã por R$ 0,50, já o almoço e o jantar saem por R$ 1.

Segundo mostrou o G1, a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha destacou a importância que o restaurantes comunitários têm, principalmente para assistir a população de baixa renda do DF.

“Os restaurantes comunitários são muito importantes para a população, principalmente para as pessoas de baixa renda, uma vez que garante uma refeição saudável, de qualidade e com o preço acessível de R$ 1″, afirma a secretária.

Protocolos de segurança

Para que possam voltar às atividades, todas as 14 unidades deverão seguir as medidas sanitárias para combater a contaminação da covid-19. Protocolos de segurança já seguidos por abres e restaurantes do DF também serão adotados nos restaurantes do DF.

A medição de temperatura na entrada, o uso obrigatório de máscaras no local e a disponibilização de álcool em gel são algumas das medidas adotadas. Além disso, o distanciamento mínimo entre as mesas e cadeiras também serão seguidos.

Todos os funcionários dos restaurantes comunitários também seguirão as medidas e vão usar máscara durante todo o expediente.

Restaurantes comunitários

Confira abaixo a relação com o endereço e telefone das 14 unidades dos restaurantes comunitários no DF. A lista é disponibilizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social.

CidadeEndereçoTelefone
BrazlândiaQuadra 36 – Área Especial nº. 01 – Vila São José
CeilândiaQNM 01 – Bloco 01 – Lote 01 – Ceilândia Centro3373-5154
EstruturalQuadra 14 – Área Especial – Vila Estrutural3465-6759
GamaSetor Central – Área Especial – Complexo Esportivo do Gama – Estádio Bezerrão3273-1716
ItapoãQuadra 61 – Área Especial – Entre conjuntos D/E, Condomínio Dellago
ParanoáQuadra 02 – Lote A – Feira Livre – Área Especial3369-6350
PlanaltinaSetor Recreativo e Cultural – Módulo Esportivo – Via WL 1-a/NS3389-1372
Recando das EmasQuadra 01 – Lote 01 – Centro Urbano3434-1169
Riacho Fundo IIQuadra 10 – Conjunto 01 – Lote 013399-7632
SamambaiaADE/S – Conjunto 15 – Lotes 01/02 – Às margens da BR 0603357-4665
Santa MariaAv. Alagados Área Central – Junto ao prédio da Administração Regional3393-3274
São SebastiãoCentro de Múltiplas Atividades – Lote 02 – Próximo à Administração Regional3335-2808
SobradinhoAR 13 – Área Especial 08 – Quadra 03 – Setor Administrativo3487-5352
Sol NascenteQNR 01 Área Especial nº 02 Ceilândia Norte3273-2077

Continue lendo

Comportamento

Gama e SIA ficam sem luz durante parte desta segunda-feira (4)

A suspensão do serviço acontece para que a companhia realize manutenção na rede elétricas das duas regiões

Publicado

on

corte de luz SIA e Gama
Foto: Pixabay/Reprodução

As regiões administrativas do Gama e do Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA) vão ficar sem energia nesta segunda-feira (4). Isso porque a Companhia Energética de Brasília (CEB) vai realizar a manutenção na rede elétrica nas duas cidades.

Para que o serviço seja realizado com segurança, a companhia vai suspender a energia elétrica nas duas regiões. Após a conclusão dos trabalhos, o órgão vai religar o serviço e os moradores poderão voltar a usar a energia normalmente.

Gama

Na cidade do Gama, a suspensão de energia se dá pela poda de árvores em algumas regiões. Para que o serviço aconteça de forma segura, a energia no local deverá ser cortada.

Dessa forma, os seguintes locais vão ficar sem energia nesta segunda-feira, segundo a CEB: Chácaras Morada Nobre e Aline, fazendas Vertentes e Soledade, Rancho Comache, no Núcleo Rural Ponte Alta, todos na região do Gama. O corte de energia vai acontecer das 8h40 às 16h30.

SIA

Já no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA), mais especificamente no Trecho 6, os técnicos da CEB vão realizar a compactação da rede de alta tensão. Os moradores vão ficar sem luz também das 8h40 às 16h30. Em caso de dúvidas, os consumidores podem entrar em contato com a CEB pelo telefone 116. Por fim, a companhia também disponibiliza o site para obter informações sobre desligamentos programados nas regiões administrativas do DF.

Continue lendo

Popular