conecte-se conosco

Distrito Federal

Com restrições de horários, comércio começa a reabrir as portas no DF

O decreto estabeleceu regras e horários específicos de funcionamento

Comércio Ano Novo
Foto: Rayra Paiva Franco/O PANORAMA

O governo do Distrito Federal (GDF), após 29 dias do decreto que  suspendeu uma série de atividades consideradas não essenciais, autorizou a reabertura hoje (29) do comércio local.

A retomada das atividades, no entanto, ainda é limitada. E o toque de recolher, das 22h às 5h, e a proibição de venda de bebida alcoólica após as 20h continuam valendo.

A retomada das atividades a partir de hoje já estava prevista no Decreto nº 41.913, publicado no dia 19 de março. Na ocasião, a secretaria de Saúde confirmou 1.507 novos casos da covid-19 e 47 mortes em decorrência da doença. Ontem (28), foram confirmados 4 1.236 novos casos e mais 40 óbitos. Segundo o GDF, no período, a taxa de transmissão do novo coronavírus baixou de 1,38 para 0,91 – o que significa que, em média, cada 100 pessoas infectadas podem transmitir o vírus para outros 91 indivíduos.

O decreto estabeleceu regras e horários específicos de funcionamento para cada atividade. As lojas de rua, por exemplo, poderão funcionar das 11h às 20h, mas além de evitar aglomerações, deverão, se necessário, organizar uma escala de trabalho que permita aos empregados se revezarem de forma a não lotarem o estabelecimento. Além disso, os empregados, colaboradores, terceirizados e prestadores de serviço deverão receber equipamentos de proteção individual.

Shoppings e centros comerciais estão autorizados a funcionar das 13h às 21h, respeitando as mesmas regras das lojas de rua. Já bares e restaurantes vão funcionar das 11h às 19h. Cada mesa não poderá reunir mais de seis clientes; e cada grupo de pessoas deverá manter uma distância mínima de dois metros. Os funcionários deverão higienizar as cadeiras, mesas e cardápios regularmente, e as máquinas de cartões magnéticos deverão ser cobertas com plástico a fim de facilitar a higienização. Está proibido o atendimento a clientes que não estejam sentados, e deve-se priorizar o uso de condimentos (sal, ketchup, maionese etc) em sachês individuais.

Salões de beleza, barbearias, esmalterias e centros estéticos podem funcionar das 10h às 19h. Além de esterilizar todos os equipamentos ao fim de cada atendimento, incluindo toalhas e lençóis, que devem ser de uso individual, devem priorizar o agendamento prévio, pois está proibida a permanência de pessoas à espera da vez dentro dos estabelecimentos. As cadeiras, que deverão ser higienizadas regularmente, devem ficar a uma distância mínima de dois metros umas das outras, e os funcionários devem usar, além de máscara cobrindo boca e nariz, um protetor do tipo face shield.

Embora não estabeleça horários para os cultos, missas e rituais, o GDF recomenda que, preferencialmente, sejam realizados por meios virtuais, e que os aconselhamentos presenciais sejam individuais, cumpridos todos os protocolos e medidas de segurança gerais, como a disponibilização de álcool em gel para a higienização das mãos e objetos e o uso de tapetes especiais para a limpeza de calçados na entrada.

Os clubes de lazer estão autorizados a funcionar das 6h às 21h, ficando vetado o uso de churrasqueiras, saunas, salões de festas e acesso à área de marinas. Cinemas e teatros também podem voltar a receber público, em horário não preestabelecido pelo GDF, mas com apenas metade da capacidade e com a venda de ingressos exclusivamente online. Além de higienizar as cadeiras entre as sessões, cada estabelecimento deverá oferecer álcool em gel aos frequentadores e organizar o fluxo de entrada e saída, além da disponibilidade de assentos, de forma a garantir a distância entre os frequentadores.

O funcionamento de academias e a prática de esportes fica permitida entre 6h e 21h, com exceção das aulas coletivas que tenham contato físico ou compartilhamento de equipamentos. Os estabelecimentos deverão zelar pelo distanciamento mínimo de um metro e meio entre os aparelhos de uso individual, que deverão ser higienizados regularmente, e só permitir a permanência de pessoas com máscaras. Além disso, as academias devem fechar duas vezes por dia por ao menos 30 minutos para limpeza geral e desinfecção dos ambientes. Ficam proibidos o uso de catracas e pontos eletrônicos biométricos, especialmente de impressão digital.

O GDF também autoriza as escolas, universidades e faculdades da rede de ensino privada a retomarem as atividades presenciais, desde que observada a distância mínima de 1,5 metro entre alunos e evitada a aglomeração nos corredores e demais espaços. Além disso, os profissionais devem ser testados para covid-19, conforme protocolo da secretaria de Saúde e respeitada a higienização regular de cadeiras, mesas e equipamentos de uso coletivo. Durante as aulas, janelas e portas devem permanecer abertas.

O Decreto nº 41.913 também regulamenta o funcionamento de várias outras atividades. Quem descumprir as regras estabelecidas vai pagar multa pesada, de  até R$ 20 mil. Além disso, o comerciante terá a suspensão de alvará e interdição total ou parcial do evento, instituição ou atividade. Qualquer pessoa que estiver no recinto deverá desembolsar R$ 4 mil se estiver sem máscara e R$ 1 mil se participar de festas clandestinas.

Por: Agência Brasil

Clique para comentar

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distrito Federal

GDF reduz idade de vacinação contra covid-19 de 55 para 53 anos

Imunização desse grupo começa na segunda-feira

Publicado

on

Foto: Rayra Paiva Franco/O PANORAMA

O governo do Distrito Federal (GDF) decidiu hoje (11) ampliar o agendamento para vacinação contra covid-19 para pessoas a partir de 53 anos, sem comorbidades. Antes, a previsão é de que o serviço estivesse disponível a partir desta sexta-feira somente para pessoas a partir dos 55 anos.

O agendamento pode ser feito a partir das 14h no site da Secretaria de Saúde do DF. A vacinação para as pessoas a partir de 53 anos, sem comorbidades, começa na segunda-feira (14). A expectativa é que 114 mil doses sejam aplicadas nesse grupo. Para grupos prioritários, a previsão é aplicar 176.056 doses entre 14 e 18 de junho.

Além da vacinação por idade, no DF estão sendo vacinados os rodoviários, profissionais da educação, profissionais da segurança pública, aeroportuários, as gestantes e puérperas e pessoas com deficiência.

De acordo com a Secretaria de Saúde, para maior segurança no agendamento, é importante que, ao final do processo, o cidadão imprima a ficha de agendamento, que deverá ser entregue no local da vacinação, e apresente documentos de identificação.

Não é necessário agendar a segunda dose. O usuário pode comparecer ao ponto de vacinação na data prevista no cartão de vacinação, levando esse documento e outro de identificação com foto.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Distrito Federal

PMDF prende homem que levava quase 2 quilos de maconha dentro de baú de moto

O homem de 30 anos de idade já tinha passagem pela polícia

Publicado

on

Foto: Divulgação/PMDF

Policiais militares integrantes do Grupo Tático Operacional 22, durante patrulhamento tático na cidade de Taguatinga, abordaram um indivíduo numa motocicleta em atitude suspeita por volta de 22 horas de ontem, terça-feira 8 de junho. A abordagem ocorreu na altura da QNA 35.

Os militares fizeram a busca pessoal, mas nada de irregular foi localizado com ele. Já no baú da moto, os policiais encontraram várias blusas e cinco porções de substância esverdeada, provavelmente maconha. Essa substância teve o peso estimado em 2 quilos.

Diante dos fatos, o homem de 30 anos de idade e com uma passagem por uso e porte de substância entorpecente, foi autuado na 12ª Delegacia de Polícia por tráfico de drogas.

Por: PMDF

Continue lendo

Distrito Federal

CORD deflagra Operação Playboy

A droga seria armazenada em Vicente Pires e no entorno.

Publicado

on

Foto: Divulgação/PCDF

A investigação teve início há cerca de dois meses quando a Coordenação de Repressão às Drogas (CORD) recebeu informações sobre indivíduo supostamente integrante de facção criminosa do Sudeste que estaria comercializando cocaína em Ceilândia. O veículo utilizado pelo suspeito foi identificado no início da tarde de ontem, 7, ocasião em que foi abordado por equipes da CORD em uma via pública de Vicente Pires.

O conduzido apresentou documento falso e se recusou a se identificar corretamente. Equipe de cães da DOE foi acionada e localizou um tablete de aproximadamente um quilo de cocaína escondido no interior do veículo. Dando continuidade as diligências, na noite de ontem, os policiais da CORD localizaram, em Vicente Pires, o imóvel utilizado pelo conduzido como depósito pessoal, onde encontraram outros 10 quilos de cocaína, uma prensa industrial, balança de precisão e diversos materiais utilizados para preparação e embalagem da droga, assim como documentos pessoais e comprovantes de deposito bancários.

No local foram encontradas gravuras de uma cobra Naja, de cor verde, idênticas ao material apreendido em janeiro, no Rio Grande do Sul, ocasião em que foram aprendidos cerca de 400 quilos de cocaína, o remete ao envolvimento do conduzido com facção criminosas de fora do DF. O conduzido possui dois mandados de prisão do estado do Mato Grosso do Sul e diversas passagens policiais no estado do Rio de Janeiro, São Paulo, inquérito policial na Policia Federal, inclusive condenações por tráfico de drogas, por uso de documento falso e tráfico de drogas.

O homem é conhecido como PLAYBOY e é oriundo do Estado do Rio de Janeiro. No mandado de prisão constou que o conduzido possui outros três nomes falsos. A CORD está contando com a colaboração do Ministério da Justiça e de diversas polícias civis estaduais no sentido de localizar outras informações sobre o preso, haja vista possuir mandados de prisão vinculados a nomes diversos.

Por: Assessoria de Comunicação/DGPC

Continue lendo

Popular