conecte-se conosco

Esportes

Com restrições na Argentina, Pan de Judô é transferido para México

Competição vale pontos para o ranking de classificação da Olimpíada

Foto: Gabriela Sabau/IJF

A cidade de Guadalajara (México) é a nova sede do Campeonato Pan-Americano de Judô, que será disputado entre os dias 15 e 18 de abril e vale pontos no ranking de classificação para a Olimpíada de Tóquio (Japão). O torneio estava marcado para Córdoba (Argentina), mas o local teve que ser alterado, devido às restrições de eventos esportivos e circulação de pessoas em território argentino, decretada pelo governo do país, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Antes do Pan, os judocas brasileiros terão pela frente dois Grand Slams. O primeiro será em Tbilisi (Geórgia), entre os dias 26 e 28 deste mês. O seguinte está marcado para Antalya (Turquia), de 1 a 3 de abril. Após a competição em Guadalajara, a seleção nacional disputa o Grand Slam de Kazan (Rússia), entre 5 e 7 de maio, encerrando o período de classificação olímpica com o Mundial de Budapeste (Hungria), agendado de 6 a 13 de julho.

A maior parte dos principais atletas do país está em treinamento no leste europeu desde o último domingo (14). A equipe masculina se reuniu em Tbilisi, ao lado das seleções de Cuba, Países Baixos, Mongólia, Azerbaijão, Egito e da própria Geórgia. Já o grupo feminino treina na Albânia, com os times de Turquia, Azerbaijão, Israel, Eslovênia, Croácia, Kosovo e Itália. “São todos os atletas que estão dentro da zona de ranqueamento olímpico, com algumas exceções. As duas peso-pesado [acima de 78 quilos], Maria Suelen Altheman e Beatriz Souza, ficam no Brasil, porque não há atletas do peso delas, só as mais leves. Eric Takabatake [até 60 quilos], Daniel Cargnin [até 66 quilos] e David Moura [acima de 100 quilos] também não estarão, mas por uma questão técnica da individualidade do treinamento de cada um. Eles ficam no Brasil treinando da melhor forma que a gente planejou junto com os treinadores dos seus clubes”, explicou o gestor de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Ney Wilson, em nota no site da entidade.

É a primeira vez, desde o início da pandemia, que os judocas do país fazem treinos de campo fora do Brasil. A ocasião anterior foi durante o Grand Slam de Paris (França), em fevereiro de 2020. “A gente não estava prevendo piorar tanto a situação da pandemia no Brasil. Por exemplo, no Rio Grande do Sul, em São Paulo, os clubes estão sem condições ideais de treinamento. Foi uma coincidência conseguirmos esses treinos exatamente nesta janela. Mas, o nosso grande objetivo é, realmente, dar oportunidade aos nossos atletas de treinar com europeus. É o que está faltando mais e os atletas da Pan-América têm sentido mais isso”, completou Wilson.

Por: Agência Brasil

Clique para comentar

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Conmebol divulga datas e horários da fase de grupos da Libertadores

Atual campeão Palmeiras estreia dia 21 em Lima contra o Universitario

Publicado

on

Foto: Silvia Izquierdo

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou nesta segunda-feira (12) a tabela detalhada dos jogos da fase de grupos da Copa Libertadores, com as datas, horários e sedes das partidas.

A fase de grupos da Libertadores terá início no dia 20 de abril, quando o Internacional mede forças com o Always Ready (Bolívia), a partir das 19h15 (horário de Brasília) em La Paz. Na mesma data o Flamengo pega o Vélez (Argentina) fora de casa a partir das 21h30, mesmo horário do jogo do São Paulo, que visita o Sporting Cristal (Peru) em Lima. E ainda há a possibilidade da estreia do Santos, caso supere o San Lorenzo na fase prévia. Em caso de classificação, o Peixe pega o Barcelona (Equador) a partir das 19h15.

Já o atual campeão Palmeiras estreará pelo Grupo A no dia 21, quando visitará o Universitario (Peru) em Lima a partir das 21h. Pela mesma chave há a possibilidade de o Grêmio medir forças com o Defensa y Justicia (Argentina), em Porto Alegre no mesmo dia e horário, caso supere o Independiente del Valle (Equador) na fase prévia. Também no dia 21, mas pelo grupo H, o Atlético-MG joga na Venezuela contra o Deportivo La Guaira, mas a partir das 19h.

O último brasileiro a estrear na competição será o Fluminense, que, pelo grupo D, recebe o River Plate (Argentina) no estádio do Maracanã no dia 22 de abril a partir das 19h.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Esportes

Final da Superliga Masculina de Vôlei começa quarta-feira no RJ

EMS Taubaté Funvic e Minas Tênis Clube disputam série melhor de três

Publicado

on

Foto: Alexandre Loureiro/CBV

A disputa do título da Superliga Masculina de Vôlei 2020/21 começa na quarta-feira (14),  com o primeiro jogo da série de melhor de três entre as equipes EMS Taubate Fuvic (SP) e Minas Tênis Clube (MG). Os jogos serão sempre a partir das 19h (horário de Brasília), no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

 A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) anunciou na noite deste domingo (11) as datas dos três partidas –  a terceira só ocorrerá se houver empate. Após o duelo de quarta (14), os times se enfrentarão novamente na sexta-feira (16). Se houver necessidade, o terceiro e último confronto será domingo (18). 

Atual campeão da Superliga (temporada 2018/2019), o Taubaté se classificou para a final  após vencer os dois jogos da semifinal contra o Vôlei Renata (SP). O time taubateano busca o segundo título consecutivo na competição. 

Já o Minas Tênis Clube quer quebrar o jejum de 12 anos sem disputar uma final da Superliga. Assim como o Taubaté, o time mineiro assegurou a vaga na decisão com duas vitórias sobre o Vôlei UM Itapetininga (SP) nas semifinais.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Automobilismo

Formula E tem quarto vencedor diferente em quatro corridas

Belga Stoffel Vandoorne conquistou triunfo em Roma

Publicado

on

Foto: Audi Communications Motorsport/Direitos reservados

Na segunda prova do fim de semana realizada em Roma, na Itália, o piloto belga Stoffel Vandoorne foi o grande vencedor da quarta etapa do campeonato da Fórmula E. De quebra, Vandoorne, que corre pela equipe Mercedes-EQ, também registrou a volta mais rápida da corrida, somando mais um ponto e subindo do 15º para o quarto lugar na disputa pelo título da temporada.

O belga largou na quarta posição neste domingo (11), mas ao longo da prova superou os adversários e conseguiu segurar a posição, mesmo depois de uma última volta emocionante na sequência da saída do safety car da pista. O pódio foi completado com o britânico Alexander Sims, da Mahindra Racing, em segundo e o alemão Pascal Wehrlein, da Porsche, em terceiro.Com o resultado, Stoffel Vandoorne foi o quarto piloto diferente a ganhar uma prova nesta temporada, em quatro corridas. Nyck de Vries, Sam Bird e Jean-Éric Vergne (neste sábado, na primeira corrida em Roma) foram os outros vencedores.

O brasileiro Lucas Di Grassi, pela segunda prova seguida, não conseguiu terminar a corrida. Depois de abandonar por problemas mecânicos quando era líder no sábado, desta vez ele foi tocado pelo suíço Sébastien Buemi e teve a frente do carro destruída, ficando impossibilitado de seguir.

“Fizemos um grande esforço para tornar o carro competitivo. E conseguimos, ontem e hoje. Mas infelizmente os dois dias terminaram por motivos fora de nosso controle. Mas tempos difíceis fazem as pessoas mais fortes”, disse Lucas, que corre pela Audi Sport.

O outro brasileiro da categoria, Sérgio Sette Câmara, da Dragon/Penske, terminou na 12ª posição, ou seja, fora da zona de pontuação.

Após quatro etapas, o campeonato é liderado por Sam Bird, da Jaguar Racing, seguido pelo companheiro de equipe, o australiano Mitch Evans e pelo holandês Robin Frijns, da Envision Virgin Racing.

As próximas duas corridas serão disputadas em Valência, na Espanha, no fim de semana dos dias 24 e 25 de abril.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Popular