conecte-se conosco

Distrito Federal

Conheça 4 lugares em Brasília para tomar chocolate quente

A bebida quente e docinha é ideal para aquecer os dias frios

Foto: Reprodução/FreePik

O Distrito Federal tem registrado baixas temperaturas, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta semana, a menor temperatura registrada no Plano Piloto foi de 8,2ºC e em regiões do entorno, as temperaturas baixaram mais ainda, marcando apenas 6ºC.

O fato é que a chegada do frio vem acompanhada daquela vontade de consumir comidas mais quentinhas, entre elas, o bom e tradicional chocolate quente. Para quem aprecia a bebida docinha, listamos quatro lugares em Brasília para você tomar um bom chocolate quente. Confira! 

DuckBill 

Foto: Divulgação

Na DuckBill, a bebida é preparada com chocolate suiço cremoso, feito com leite e base pura de chocolate padrão europeu. Uma característica da marca, é o doce colocado na medida certa, tendo também a possibilidade de ser zero açúcar, ambos no valor de R$11,00. A cafeteria conta com duas unidades em Brasília, sendo uma na 104 da Asa Sul e outra no Taguatinga Shopping, além da opção de delivery. 

Quitutices

Foto: Divulgação

Na Quitutices, confeitaria glúten e sem lácteos localizada na  315 da Asa Sul comandada  pela chef Inaiá Sant’Ana, você encontra duas opções da bebida. A primeira delas é o chocolate quente tradicional, preparado com leite de castanha-de-caju, chocolate Tnuva 56%, chocolate em pó, açúcar demerara e amido de milho, no valor de R$19,90 e o chocolate quente com merengue, no valor de R$21,90. 

Jacket Café 

Foto: Divulgação

No Jacket Café, na 106 da Asa Sul, você encontra um chocolate quente bem cremoso, meio amargo  e acompanhado de churros, versão tradicional da casa, no valor de R$15,00. Para o inverno, a casa está com novidade, é o chocolate quente alcoólico, preparado com leite com chocolate em barra derretido e um shot de licor de cacau, esse sai no valor de R$22,00.

Café e um Chêro

Foto: Gui Teixeira

A receita do chocolate quente da Dona Alba, do Café e um Chêro  é guardada a 7 chaves. Tem gente que acha que ela coloca uma colherzinha de maizena para deixar encorpado, mas a verdade é que ela não conta de jeito nenhum. Talvez seja amor, uma pitada de carinho e uma concha bem cheia de saudade. O cliente pode pedi-lo com borda de avelã, que sai no valor de R$13,00 ou o chocolate quente simples, que sai R$9. O café tem duas unidades, sendo uma 107 da Asa Sul e outra na 109 da Asa Norte, além da opção de delivery. 

Para continuar atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos, lembre de checar nosso site e seguir o nosso perfil do Instagram (@OPanoramaOficial).

Clique para comentar

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distrito Federal

O Panorama da saúde mental: presidente do Conselho Regional de Odontologia do DF fala sobre vacinação para a categoria, atribuições do Conselho e planos futuro

O Panorama da saúde mental: presidente do Conselho Regional de Odontologia do DF fala sobre vacinação para a categoria, atribuições do Conselho e planos futuro

Publicado

on

Foto: Dimitri

O Panorama da saúde mental recebeu o Dr. Marco Antônio, presidente do Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal, no jardim do Instituto de Medicina e Psicologia Integradas (IMPI), para um bate-papo, sobre as atribuições do Conselho e a diferença entre ser um associado e um escrito[DR1] , questão que ainda levanta dúvida em alguns profissionais da área, entre outras pautas.  

“O CRO-DF é uma autarquia, uma extensão do Estado que possui uma função pública que é a defesa da sociedade, enquanto se realiza a fiscalização dos profissionais habilitados para o exercício da profissão”

comentou o presidente do CRO-DF.

Dr. Marco Antônio falou ainda sobre todo o processo para colocar os cirurgiões-dentistas e profissionais de saúde bucal na lista de prioridades para a vacinação contra a Covid-19.

“Os cirurgiões-dentistas, assim como os demais profissionais de saúde e toda equipe de saúde bucal, estavam nesta lista de prioridades para vacinação, mas, naquele primeiro momento, o número de vacinas produzidas e importadas era muito pequeno”

iniciou o Dr. Marco Antônio.

O presidente do Conselho disse que a preocupação do CRO-DF, naquele momento, era  a extensão da pandemia e um dos fatos mais abordados era a proximidade do cirurgião-dentista com o paciente durante o atendimento. Até então a diferença básica era que outros profissionais da saúde, como médicos, psicólogos e nutricionistas conseguiam realizar o atendimento com ambos utilizando máscara, mas, para atendimento odontológico, isso não é possível.

Marco Antônio observou que esta era uma preocupação constante, não apenas do Conselho, mas também de todos os profissionais da área.

“O Conselho ‘correu atrás’, naquele primeiro momento sem muito retorno positivo, mas até então entendíamos a situação. Entre as ações organizadas pelo Conselho, houve uma carreata e, depois desse evento, começaram-se os agendamentos e correu tudo bem posteriormente”

contou o doutor.

Quando perguntado sobre planos futuros, a partir de sua reeleição como presidente do Conselho, o Dr. Marco Antônio pontuou alguns aspectos a serem alterados no CRO-DF.

Foto: Dimitri

“O que o Conselho busca, de maneira fundamental, é a valorização da odontologia em todo seu aspecto, é o exercício ético da profissão por todos os profissionais da saúde bucal, mas o principal é a aproximação com esses profissionais. Que eles vejam o Conselho como parceiro e orientador das atividades profissionais”

concluiu o Dr. Marco Antônio.

De acordo com o Doutor, o Conselho está preocupado com a qualidade de vida de seus profissionais e afirma que a parceria com o Instituto IMPI incorpora parte das ações que visam trazer bons resultados relacionados a este tópico.

Antes de finalizar a entrevista, o Dr. Marco Antônio reforçou o convite para a participação na Semana de Saúde Bucal, um evento que já é considerado histórico e acontece em Brasília, durante os dias 25 a 30 de outubro.  

Para entender mais sobre o trabalho do CRO-DF, confira a entrevista completa com Marco Antônio no canal de Youtube de O Panorama.

IMPI–Instituto de Medicina e Psicologia Integradas

Para continuar atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos, lembre-se de checar nosso site e seguir o nosso perfil do Instagram (@OPanoramaOficial).


Continue lendo

Distrito Federal

O Panorama da Odontologia: Cirurgião dentista Simone Fonseca fala sobre atendimento odontológico no Sesc DF

Com 25 anos de profissão, a Dra. Simone faz parte do Sesc DF há 20 anos realizando um importante trabalho no setor odontológico da unidade

Publicado

on

Foto: Dimitri

O quadro O Panorama da Odontologia recebe para um bate-papo a Cirurgiã Dentista Simone Fonseca, em entrevista ao Dr. Ricardo Paulin. Simone Gomes Camargo Fonseca é goiana, mas formou-se em Uberaba pela Uniube e agora é Supervisora de saúde bucal do Sesc DF, atuando na unidade há 20 anos.

Durante a entrevista a Dra. Simone falou um pouco sobre a história do Serviço Social do Comércio (Sesc) e a missão que o programa tem. Em Brasília o Sesc surgiu em 1966, apesar de ter sido criado nacionalmente em 1945.

“A missão do Sesc é realmente trazer qualidade de vida, nas áreas de atuação de: saúde, nutrição, alimentação, turismo, lazer, esporte e educação. São muitas áreas de atuação do Sesc”

falou a Dra. Simone.

Foto:Dimitri

A cirurgiã dentista falou também sobre a atuação do Sesc DF na área odontológica durante a pandemia e sobre os serviços oferecidos nesta área. Dividido em duas frentes de trabalho o Sesc oferece atendimento com foco em atenção básica voltados para a Clínica Geral em odontologia e as especialidades como: endodontia, periodontia, prótese e odontopediatria.

“Desde 1966 nós temos odontologia dentro do Sesc, tem muito tempo e já é algo consolidado. Nós temos vários serviços e nosso paradigma é a atenção básica. Então pela atenção básica nós temos vários serviços disponibilizados”,

completou a cirurgiã. 

De acordo a supervisora hoje a unidade do Sesc DF conta com 48 dentistas que prestam atendimento em diversas áreas e atendem anualmente 1120 mil consultas odontológicas com mais de 600 mil procedimentos odontológicos.

“Durante a pandemia o Sesc não parou, temos atuado incansavelmente. Na odontologia nós atendemos neste período urgências odontológicas de março até julho. Atendemos a sociedade e quem precisou, procurou o Sesc e foi atendido”

falou Simone.

A Supervisora falou ainda dos desafios que este período trouxe, entre eles a participação da equipe em um estudo epidemiológico junto ao GDF.

“Nós participamos de um estudo epidemiológico e logo em seguida recebemos o convite para continuar nesta missão em parceria com o GDF e então começamos na vacinação a partir de março”

explicou a Dra. Simone.

Foto: Dimitri

Entre outros tópicos Simone explicou ainda a disposição de atendimento odontológicos nas unidades Sesc DF e nas unidades móveis. A Dra. falou ainda da importante ação voltada para cultura e educação, que são pontos também importantes para aumentar a qualidade de vida da população.

Para finalizar a cirurgiã dentista falou sobre os próximos projetos para a retomada das atividades do Sesc em 2022, entre eles o início dos trabalhos com implante odontológico nas unidades. Para ter acesso a entrevista completa com a Dra. Simone Fonseca acesse o canal de Youtube do O Panorama.

dimitri

Continue atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos visitando nosso site e seguindo o nosso perfil no Instagram @OPanoramaOficial

Continue lendo

Distrito Federal

Participante de Projeto social do DF disputará Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica no Japão

Além do Campeonato Mundial, a atleta também representará o Brasil no Campeonato Sul-americano. O projeto do qual faz parte atende cerca de 120 meninas de 4 a 20 anos de idade

Publicado

on

Foto redes sociais Ana Luisa Passos Neiva

Expressão corporal, flexibilidade e postura. Esses são os pontos fortes das meninas que frequentam a Escolinha de Ginástica Rítmica do Instituto Inside Brasil. A modalidade, que já é destaque em Brasília, despertou o interesse de cerca de 120 meninas a participarem do projeto social responsável por difundir a cultura de ginástica rítmica.


O Instituto Inside Brasil surgiu do interesse em levar oportunidade a jovens por meio de práticas esportivas, criando outros polos de incentivo à ginástica rítmica e achar novos talentos. O projeto da Ginástica Rítmica começou em 2013 com a Professora Kely Regina Silva Portela Espinola, mãe e técnica da atleta Ana Luísa Passos Neiva.

Kely foi atleta de ginástica rítmica e começou seu trabalho com a modalidade em 1995. Tempos depois, em parceria com a professora Juliana Andrade, começaram a percorrer algumas administrações regionais e cidades satélites em busca de espaço onde pudessem criar escolinhas que garantissem às crianças a oportunidade de iniciar no esporte e a partir destas escolinhas colher novos talentos que seriam enviados ao Centro de Treinamento.

Este é um trabalho que tem gerado muitos resultados tanto na área social como também esportiva. Ao longo dos anos em que o projeto está em atuação cinco atletas da instituição passaram pela Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, tanto na modalidade individual quanto na modalidade de conjuntos. O projeto tem o apoio da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania

O projeto conta com resultados expressivos, como o da atleta Ana Luisa Passos Neiva de 17 anos, que conquistou vaga na Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, única atleta de Brasília, e representará nosso país entre os dias 27 e 31 de outubro no Campeonato Mundial que acontecerá no Japão e no Campeonato Sul-americano de 2 a 8 de novembro na Colômbia.


Foto redes sociais Ana Luisa Passos Neiva

Foto redes sociais Ana Luisa Passos Neiva

Outras 3 atletas representarão Brasília nos Jogos Escolares no Rio de Janeiro entre os dias 27 e 31 de outubro e mais 20 atletas no Torneio Nacional em Porto Alegre nos dias 3 a 8 de novembro.

Para as aulas no Instituto Inside, as crianças recebem gratuitamente collant e agasalho. Durante os encontros, as alunas aprendem a utilizar alguns equipamentos que são o diferencial do esporte, como a corda, o arco, a bola, as fitas e as massas.

Foto redes sociais Ana Luisa Passos Neiva

A Escolinha atende meninas de 4 a 20 anos, em 3 núcleos, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, no Clube de Associados Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica de Brasília – CASSAB, localizado no setor de clubes sul trecho 2, no Centro Educacional 03 – Centrão, ÁREA ESPECIAL B – GUARÁ II e em breve na QR 2 na Candangolândia.

Interessados em conhecer o Projeto, podem visitar os núcleos de segunda a sexta-feira das 9h às 18h, ou visitar o site do Instituto: insidebrasil.org.br ou as redes sociais @insidebrasil.

Aqueles que quiserem podem ainda contribuir com o projeto por meio de doações ao projeto de Ginástica Rítmica ou demais projetos do Instituto Inside Brasil, utilizando a chave PIX CNPJ 18.683.437/0001-32 ou ainda realizar depósito em conta corrente 96842-0 agência 2911-4 – Banco do Brasil, em nome do Instituto Inside Brasil – IIB.

Continue atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos: lembre-se de checar nosso site e seguir o nosso perfil do Instagram (@OPanoramaOficial).

Continue lendo

Popular