conecte-se conosco

Curiosidades

Mãe de 22 filhos quer ter “mais de100 bebês” com o marido

Kristina Ozturk, 26, sonha em ter pelo menos mais 80 filhos com o companheiro Galip, 58; desde 2021, eles tiveram 22 bebês. Conheça a história do casal

Foto: Reprodução

Kristina Ozturk, de 26 anos, moradora de Batumi, na Geórgia, tem um sonho incomum: ser mãe de 105 crianças. Ela já tem 22 filhos, sendo um biológico e 21 gerados por barrigas de aluguel, e não pretende parar por aí. Ela e o marido, Galip, de 58 anos, são donos de um hotel de luxo na cidade e gastam cerca de R$ 1 milhão por ano para cuidar dos pequenos.

“Eu não sei quantos serão, mas certamente não planejamos parar nos 10. Ainda não estamos prontos para falar em um número final. Tudo tem seu tempo”, disse Kristina em uma entrevista ao jornal britânico The Sun.

Em seu perfil no Instagram, ela compartilha fotos e vídeos de sua rotina com os filhos e diz que eles são sua alegria. “Meu marido e eu colocamos todos os nossos esforços para criar filhos saudáveis, felizes e honestos, preenchendo seus corações com muita luz e bondade! Afinal, nossas crianças são o futuro do mundo”, escreveu.

No entanto, o casal enfrenta um grande obstáculo para realizar seu sonho: Galip foi condenado a oito anos de prisão neste ano por envolvimento em um esquema de fraude, segundo o tabloide The Mirror.

Ainda não se sabe se Kristina continuará a ter mais filhos por meio de barrigas de aluguel sem a presença do marido. Ela afirmou que ama todas as suas crianças igualmente e que não se arrepende de sua escolha. “Eu sempre quis ter uma família grande e não me importo com o que as pessoas pensam”, declarou.

Curiosidades

Por que o deserto é o melhor lugar para guardar os aviões não utilizados?

O local é apenas um ponto de descanso temporário para as aeronaves

Publicado

on

Foto: Reprodução

As aeronaves não utilizadas são armazenadas no deserto de Alice Springs, uma região árida e isolada no centro da Austrália, onde funciona o maior estacionamento de aviões do país. Chamado de Asia Pacific Aircraft Storage (APAS), o local oferece condições ideais para a preservação das aeronaves, graças ao clima seco, que evita a corrosão causada pela umidade. Além disso, o espaço amplo e a baixa densidade populacional garantem a segurança e a privacidade dos equipamentos.

O APAS foi inaugurado em 2014, com capacidade para 30 aviões, mas teve de se expandir rapidamente para atender à demanda gerada pela pandemia. Hoje, o local abriga aviões de diversas companhias aéreas, como Qantas, Virgin Australia, Singapore Airlines, Cathay Pacific, entre outras. Entre os modelos estacionados, há desde jatos regionais até transatlânticos, como o Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo.

Apesar de parecer um cenário de abandono, o APAS não é um cemitério de aviões, como alguns veículos de mídia o chamaram. Na verdade, o local é apenas um ponto de descanso temporário para as aeronaves, que recebem manutenção periódica e estão prontas para voltar a voar assim que as condições permitirem. Segundo o diretor do APAS, Tom Vincent, o objetivo é preservar o valor e a integridade dos aviões, que custam milhões de dólares cada um.

Veja o vídeo abaixo:

Continue lendo

Curiosidades

Peixe com dentes afiados e quase 3m de comprimento é retirado do mar

O animal tinha cerca de 3 m de comprimento e dentes afiados.

Publicado

on

Foto: Reprodução

Um pescador experiente na Austrália teve uma surpresa ao fisgar uma enguia misteriosa e gigante. O animal tinha cerca de 3 m de comprimento e dentes afiados.

Jason Moyce, que trabalha há 50 anos na área, disse que nunca tinha visto nada igual. Ele compartilhou fotos da criatura no Facebook, após capturá-la na região de Pitt Water, na costa australiana.

Segundo ele, o animal é uma enguia, mas não soube identificar a espécie. Em entrevista ao jornal Miami Herald, ele relatou o susto que levou ao puxar a rede. “Foi uma sensação incrível”, afirmou.

Continue lendo

Curiosidades

Iphone que caiu de 5 mil metros do voo da Alaska Airlines é achado intacto

Um Boieng 737-900 MAX da companhia americana Alaska Airlines teve que realizar um pouso de emergência por causa da abertura de uma porta durante o voo

Publicado

on

Foto: Reprodução

Um caso impressionante chamou a atenção dos moradores de Portland, nos Estados Unidos, no último domingo (7/1). Um iPhone foi encontrado intacto na beira de uma estrada, depois de ter caído de uma altura de 5 mil metros, quando a porta de um avião da Alaska Airlines se abriu em pleno voo.

O aparelho foi localizado por Seanathan Bates, um norte-americano que passava pelo local. Ele contou que o telefone estava limpo, sem arranhões e com a tela desbloqueada. Ele entrou em contato com a Junta Nacional de Segurança nos Transportes dos Estados Unidos, que confirmou que se tratava de um dos celulares que haviam sido perdidos durante o incidente aéreo.

Segundo o órgão, outro celular também foi recuperado em um quintal próximo. “Vamos examiná-los e depois devolvê-los aos passageiros. Isso também nos ajuda a saber se estamos procurando na área certa”, afirmou um porta-voz da junta.

O incidente aéreo ocorreu na última sexta-feira (5/1), quando um Boeing 737-900 MAX da companhia americana Alaska Airlines teve que fazer um pouso de emergência em Portland, depois que uma porta traseira se soltou durante o voo. O avião havia decolado do mesmo aeroporto e tinha como destino a cidade de Ontário, na Califórnia. A bordo estavam 171 passageiros, que não se feriram.

A porta que se abriu era uma saída de emergência que não estava em uso. O assento ao lado da abertura estava vazio. A cabine se despressurizou rapidamente, o que obrigou os passageiros a usarem máscaras de oxigênio, que caíram dos compartimentos da aeronave. A tripulação realizou uma descida de emergência e conseguiu retornar ao aeroporto de origem em segurança.

O caso está sendo investigado pelas autoridades competentes. A Alaska Airlines informou que está prestando assistência aos passageiros e que lamenta o ocorrido.

Continue lendo

Popular