conecte-se conosco

Educação

MEC abre na próxima terça-feira (12) inscrições para o Prouni, veja como fazer

Os interessados têm até o dia 15 de janeiro, às 23h59 para realizar a inscrição

inscrições Prouni
Foto: Rayra Paiva Franco/O Panorama

As inscrições para o Programa Universidade Para Todos (Prouni) abrem na próxima terça-feira (12) e o Ministério da Educação (MEC) liberou a consulta de bolsas. Os inscritos podem participar da seleção para bolsas parciais (50%) ou integrais (100%) em universidades particulares de todo o país.

A seleção é para ingresso já no primeiro semestre de 2021 e vai utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2019. A mudança se deu por conta do atraso na aplicação do ENEM 2020, que vai ocorrer apenas neste mês, sem tempo hábil para utilizar as notas para o Prouni.

Os interessados têm de terça até sexta-feira (15), às 23h59 para realizar as inscrições. De acordo com o cronograma do MEC, o resultado em primeira chamada sai no dia 19 de janeiro, já em segunda chamada, a data provável é 1º de fevereiro.

Bolsas

Já está disponível a consulta a bolsas no site do Prouni. Para isso, basta clicar na opção “Pesquisar Bolsas”. O site dá a opção de pesquisar por nome do curso, instituição ou município. Os brasilienses podem digitar “Brasília” no campo de busca por município. Dessa forma, o site lista todos os cursos disponíveis nas cidades do Distrito Federal. Confira abaixo.

Como se inscrever?

Para participar da seleção pelo Prouni há alguns critérios pré-definidos pelo MEC em que o estudante ou professor deve se encaixar. O estudante deve ter cursado todo o ensino médio na rede pública de ensino, no caso da rede privada, o estudante deve ter sido bolsista durante todo o ensino médio. Podem participar também pessoas com deficiência e professor da rede pública, na educação básica.

A inscrição no Prouni é feita exclusivamente pela internet, no site do programa. Para os candidatos sem acesso à internet, a instituição que ele deseja se aplicar a uma bolsa deverá fornecer um meio para que o interessado realize a inscrição.

“Ao iniciar a inscrição, o candidato será direcionado para a página do GOV.BR, onde deverá efetuar seu cadastro preenchendo todas as informações solicitadas. Caso o candidato já possua cadastro, é só digitar CPF e senha”, diz trecho do site.

Ao efetuar a inscrição, o candidato escolhe, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, de acordo com o perfil.

Clique para comentar

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cursos e Vagas

Emprego: CIEE abre processo seletivo de estágio para o GDF

Para participar, o aluno deve estar matriculado em um curso de ensino superior. As inscrições ficam abertas até o dia 4 de agosto.

Publicado

on

Foto: Reprodução/ FreePik

Para aqueles que estão procurando uma oportunidade de trabalho, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), está com uma excelente oportunidade. A instituição está com processo seletivo aberto para a contratação de estagiários para o Governo do Distrito Federal (GDF). Os interessados devem se inscrever até o dia 4 de agosto, pelo site do CIEE. 

Para se inscrever, é necessário estar devidamente matriculado em instituições públicas ou privadas de ensino superior. Entre as vagas, destaque para os cursos de arquivologia, comunicação social, comunicação organizacional, engenharia de redes e secretariado executivo.

A seleção é composta por duas etapas, sendo a primeira delas a inscrição e posteriormente, a prova. O edital prevê carga horária de 20 horas semanais, distribuídas em quatro horas diárias. Os selecionados receberão bolsa-auxílio de R$600, além de R$8 por dia de auxílio transporte. Conforme o artigo do Art. 54, § 1º, da Lei nº 6.637/2020, fica assegurado reserva de 20% das vagas oferecidas para cada curso às pessoas com deficiência.

Há 57 anos atuando no mercado, o CIEE  se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Atualmente, administra o estágio de mais de  200 mil estudantes e a aprendizagem de mais de 100 mil adolescentes e jovens.

Para continuar atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos, lembre-se de checar e seguir o nosso perfil do Instagram (@OPanoramaOficial).

Continue lendo

Distrito Federal

Ibaneis Rocha troca comando da Secretaria de Educação

Hélvia Paranaguá é a quarta secretária que chega ao cargo desde o início do atual governo, em 2019.

Publicado

on

Foto: Renato Alves/ Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, decidiu mais uma vez trocar o comando da Secretaria de Educação. Leonardo da Cruz deixou o cargo na manhã desta quarta-feira (14) e sua exoneração  deve ser publicada em breve no Diário Oficial da União. A professora Hélvia Paranaguá é a nova indicada para comandar a pasta.

Leandro Cruz, que também foi secretário de Esporte e Lazer, deixa o cargo após pouco mais de um ano. Com a troca, a gestão de Ibaneis chega ao quarto secretário de Educação desde o início do mandato. Anteriormente, a pasta havia sido comandada por João Pedro Ferraz, em seguida, Carolina Petrarca que assumiu o cargo momentaneamente até a chegada de Leandro Cruz e agora, Hélvia. 

Natural da cidade de Corrente (PI), Hélvia é servidora pública concursada há mais de 20 anos e tem experiência em gestão. A nova secretaria terá a missão de coordenar o retorno às aulas presenciais na rede pública. 

Suspensas desde março do ano passado, em razão da pandemia da Covid-19,  a expectativa é de que as aulas retornem no próximo dia 2 de agosto. O GDF está trabalhando na vacinação dos professores para que as atividades presenciais possam ter um retorno seguro. 


Para continuar atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos, lembre-se de checar nosso site e seguir o nosso perfil do Instagram (@OPanoramaOficial).

Continue lendo

Distrito Federal

Inglês na Estrutural está a procura de novos voluntários

O projeto oferece aulas de inglês na comunidade de forma totalmente gratuita.

Publicado

on

Foto: Divulgação

O Inglês na Estrutural (InE), projeto que oferece aulas gratuitas para crianças e adolescentes na Cidade Estrutural (DF) desde 2014, está com inscrições abertas para novos voluntários. Devido à pandemia de Covid-19, as aulas estão sendo ministradas de forma on-line, desde o primeiro semestre de 2020, desta forma, pessoas de qualquer lugar do Brasil e do mundo podem participar. 

Os interessados em participar do segundo semestre do InE devem se inscrever até o dia 19 de julho. O projeto busca novos voluntários para quatro equipes, sendo elas: volunteachers (professores de inglês), Quiet Time (que promove atividades de meditação e atenção plena junto aos alunos), comunicação (responsáveis pelas redes sociais e pela comunicação interna e externa do projeto) e editores de vídeo (responsáveis pela edição e finalização de vídeos para redes sociais e reforço de conteúdos). 

Foto: Divulgação

O encontro entre alunos e professores acontece aos sábados, no período da manhã, por meio da plataforma Google Meets. No decorrer de cada semana, os voluntários devem produzir vídeos de aulas, editados pela equipe especializada, para o reforço de alguns conteúdos abordados. Os alunos também são acompanhados durante a semana por meio de grupos no WhatsApp. Voluntários do Quiet Time, da equipe de comunicação e editores de vídeo não precisam ter conhecimento ou fluência em inglês. 

O projeto  Inglês na Estrutural 

Foto: Divulgação

Idealizado por  Luciana Von Tol, o projeto teve início em 2014, quando a jovem começou a dar aulas gratuitas de inglês aos sábados de manhã no Coletivo da Cidade, ONG da Estrutural que oferece apoio para famílias de moradores da cidade. 

A demanda de alunos foi aumentando e, em 2015, o projeto adotou o modelo da ONG Cidadão Pró-Mundo para organização de revezamento de voluntários para as aulas, modelo adotado até hoje.

Antes da pandemia, o Inglês na Estrutural oferecia aulas para uma média de 200 alunos. Com a necessidade de interromper as aulas presenciais e ministrá-las de forma virtual, esse número caiu consideravelmente, hoje o projeto atende cerca de 120 alunos.

Para continuar atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos, lembre de checar nosso site e seguir o nosso perfil do Instagram (@OPanoramaOficial).

Continue lendo

Popular