conecte-se conosco

Educação

MEC cria protocolo de biossegurança para retorno das atividades educacionais

Foto: Banco de imagens

O Ministério da Educação (MEC), informou na quarta-feira, 1 de julho, que criou um protocolo de biossegurança para retorno das aulas nas 69 universidades federais e 41 institutos federais do país. O documento é composto por diretrizes de distanciamento social coletivo em ambientes acadêmicos e medidas básicas de prevenção ao COVID-19.

De acordo com o protocolo, a cartilha tem como finalidade orientar os gestores das Instituições de Ensino como instrumento de apoio na tomada de decisão, objetivando o retorno gradual das atividades, com manutenção de um ambiente seguro e saudável para alunos, servidores e colaboradores.

Em coletiva, o secretário de Ensino Superior do MEC, Wagner Vilas Boas, informou que o documento possui medidas protetivas individuais e coletivas para salas de aula, laboratórios, transportes coletivos, atividades laborais, entre outros.

“O protocolo não é uma regra engessada, é uma diretriz para as instituições fazerem o retorno às aulas”, ressaltou. 

O protocolo de biossegurança foi elaborado por médicos, biólogos e sanitaristas. Para a confecção do documento, foram seguidos à risca as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Segundo o MEC, ainda está definida a data para retorno das aulas presenciais. De acordo com o secretário-executivo, Antônio Paulo Vogel, caberá aos estados e municípios decidirem quando retornarão ao ensino presencial.

“Cada rede de ensino definirá suas datas, não tem como o Ministério da educação definir uma data de retorno”, informou Vogel. 

Confira abaixo os seis critérios proposto no protocolo para retomada das aulas presenciais. 

  • Utilizar máscaras; 
  • Evitar tocar olhos, nariz e boca sem higienizar as mãos; 
  • Seguir as regras de etiqueta respiratória para proteção em casos de tosse e espirros; 
  • Evitar o contato com as superfícies do veículo, como por exemplo, pega-mãos, corrimãos, barras de apoio, catracas e leitores de bilhetes/cartões; 
  • Durante o deslocamento, assegurar que ocorra uma boa ventilação no interior do veículo, preferencialmente, com ventilação natural; 
  • Se possível, utilizar o transporte público em horários com menor fluxo de passageiros.

A cartilha pode ser acessada no portal criado pelo MEC destinado ao monitoramento das instituições de ensino no Brasil na volta às aulas. 

Por Willian Netto – Edu Notícias

Clique para comentar

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vestibular e Enem

Termina nesta sexta-feira prazo de inscrição para o Enem 2023

Provas serão aplicadas em 5 e 12 de novembro; taxa custa R$ 85

Publicado

on

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Hoje, sexta-feira (16), encerra-se o prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023. O exame será realizado nos dias 5 e 12 de novembro. Os interessados em participar ainda têm a oportunidade de se cadastrar na Página do Participante. É importante ressaltar que a taxa de inscrição no valor de R$ 85 deve ser paga até o dia 21 de junho.

O edital contendo o cronograma e as diretrizes para o Enem 2023 foi divulgado no início deste mês. Além de fornecer informações sobre as datas e horários das provas, o documento detalha os documentos necessários e as obrigações dos participantes, incluindo as situações em que um candidato pode ser eliminado.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) também incluiu no edital critérios para a correção das provas e procedimentos para pessoas que necessitam de cuidados especiais durante a realização do exame.

Os gabaritos das provas objetivas serão disponibilizados no dia 24 de novembro, no portal do Inep. Já os resultados individuais serão divulgados em 16 de janeiro de 2024, também no mesmo site.

Continue lendo

Vestibular e Enem

Inscrições do Enem abrem hoje: Prepare-se para o exame mais aguardado do ano

Taxa de inscrição custa R$ 85 e deve ser paga até dia 21

Publicado

on

Arquivo Agência Brasil

A partir desta segunda-feira (5), os estudantes interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão realizar suas inscrições. O certame está programado para ocorrer nos dias 5 e 12 de novembro, e o prazo para se cadastrar na Página do Participante se estenderá até o dia 16 de junho. É importante ressaltar que a taxa de inscrição é de R$ 85 e deve ser quitada até o dia 21 de junho.

O edital do Enem 2023, contendo o cronograma completo e as regras para a realização do exame, foi divulgado no início deste mês. Além de apresentar as datas e horários das provas, o documento detalha os documentos necessários para a inscrição e as responsabilidades do participante, incluindo as circunstâncias que podem levar à sua eliminação.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) também incluiu no edital critérios para a correção das provas e procedimentos especiais para candidatos que necessitam de cuidados especiais durante o concurso.

Os gabaritos das provas objetivas serão disponibilizados no dia 24 de novembro no portal do Inep. Já os resultados individuais estão previstos para serem divulgados no dia 16 de janeiro de 2024, também no mesmo site.

Com a abertura das inscrições, é essencial que os estudantes se preparem adequadamente para esse importante desafio educacional, que pode abrir portas para o ingresso no ensino superior. Fiquem atentos aos prazos e boa sorte a todos os participantes do Enem 2023!

Continue lendo

Vestibular e Enem

Gil do Vigor anuncia canal no YouTube com aulas de matemática para o Enem

É planejada também a distribuição gratuita de apostila online com 200 exercícios para prática

Publicado

on

Divulgação/Redes Sociais

Nesta terça-feira (30), o ex-BBB Gil do Vigor utilizou as redes sociais para revelar seu próximo projeto: um canal no YouTube dedicado a fornecer aulas de matemática voltadas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Em sua publicação, Gil ressaltou a importância do Enem e como essa fase é crucial para muitos estudantes. Ele expressou o desejo de utilizar seus conhecimentos e formação acadêmica para ajudar os jovens a se destacarem nas provas. O artista, graduado, mestre e doutor em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), revelou que preparou o material com carinho e cuidado.

Atualmente, Gil se encontra nos Estados Unidos, onde está cursando seu PhD em Economia na Universidade da Califórnia em Davis (UC Davis). Com o lançamento marcado para o dia 5 de junho, o canal intitulado “Matemática do Vigor” oferecerá uma apostila online gratuita com 200 exercícios para prática. Além disso, todo o conteúdo dos vídeos disponibilizados no YouTube também será gratuito.

Nos comentários da publicação, o artista recebeu apoio de amigos famosos e fãs, que demonstraram entusiasmo com a novidade. A cantora Karol Conká, que participou da edição do BBB21 ao lado de Gil, elogiou a iniciativa, enquanto o cantor Fiuk comentou: “Iradooo”. Uma fã escreveu: “O melhor professor de matemática”.

Com sua determinação e dedicação em compartilhar conhecimento, Gil do Vigor se mostra mais uma vez como um exemplo inspirador para seus seguidores.

Continue lendo

Popular