conecte-se conosco

Segurança

Ministério prorroga uso da Força Nacional em presídio de Brasília

Policiais atuarão na penitenciária até 28 de novembro deste ano

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) voltou a prorrogar a autorização de emprego de parte do efetivo da Força Nacional de Segurança Pública na guarda e vigilância da Penitenciária Federal de Brasília.

Segundo o texto da Portaria nº 250, publicada no Diário Oficial da União de hoje (7), os agentes atuarão em apoio ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) por mais 180 dias, contados a partir do último dia 2. Ou seja, até 28 de novembro próximo. 

Esta é a sexta vez que o governo amplia o prazo para que a tropa federativa permaneça auxiliando o Depen no policiamento do perímetro interno do presídio de segurança máxima, onde estão isolados presos considerados de alta periculosidade, como líderes de facções criminosas. 

O emprego de parte do efetivo da Força Nacional na unidade foi autorizado inicialmente em fevereiro de 2019, a partir de manifestação do Depen, que apontou a “necessidade de ações da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao sistema penitenciário federal”.

Caráter episódico

autorização inicial previa que os agentes atuariam no local – em “caráter episódico” – por 90 dias. Em maio, no entanto, o ministério prorrogou o prazo por mais 120 dias – ou seja, até setembro de 2019. De lá para cá, houve outras cinco prorrogações.

O emprego da Força Nacional de Segurança Pública e a possibilidade do MJSP prorrogar a autorização de apoio a ações de preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio estão previstas no Decreto nº 5.289, de 2004.

Subordinada à Secretaria Nacional de Segurança Pública, do MJSP, a Força Nacional de Segurança Pública é composta por policiais militares e civis, incluindo bombeiros e peritos, cedidos pelos estados e pelo Distrito Federal, sob a forma de um programa de cooperação federativa. Pode ser empregada em qualquer parte do território nacional, a pedido dos governadores ou de ministros cujas pastas precisem de apoio. Por segurança, o número de agentes empregados nas ações não costuma ser divulgado.

Por: Agência Brasil

Distrito Federal

PMDF prende homem que levava quase 2 quilos de maconha dentro de baú de moto

O homem de 30 anos de idade já tinha passagem pela polícia

Publicado

on

Foto: Divulgação/PMDF

Policiais militares integrantes do Grupo Tático Operacional 22, durante patrulhamento tático na cidade de Taguatinga, abordaram um indivíduo numa motocicleta em atitude suspeita por volta de 22 horas de ontem, terça-feira 8 de junho. A abordagem ocorreu na altura da QNA 35.

Os militares fizeram a busca pessoal, mas nada de irregular foi localizado com ele. Já no baú da moto, os policiais encontraram várias blusas e cinco porções de substância esverdeada, provavelmente maconha. Essa substância teve o peso estimado em 2 quilos.

Diante dos fatos, o homem de 30 anos de idade e com uma passagem por uso e porte de substância entorpecente, foi autuado na 12ª Delegacia de Polícia por tráfico de drogas.

Por: PMDF

Continue lendo

Distrito Federal

CORD deflagra Operação Playboy

A droga seria armazenada em Vicente Pires e no entorno.

Publicado

on

Foto: Divulgação/PCDF

A investigação teve início há cerca de dois meses quando a Coordenação de Repressão às Drogas (CORD) recebeu informações sobre indivíduo supostamente integrante de facção criminosa do Sudeste que estaria comercializando cocaína em Ceilândia. O veículo utilizado pelo suspeito foi identificado no início da tarde de ontem, 7, ocasião em que foi abordado por equipes da CORD em uma via pública de Vicente Pires.

O conduzido apresentou documento falso e se recusou a se identificar corretamente. Equipe de cães da DOE foi acionada e localizou um tablete de aproximadamente um quilo de cocaína escondido no interior do veículo. Dando continuidade as diligências, na noite de ontem, os policiais da CORD localizaram, em Vicente Pires, o imóvel utilizado pelo conduzido como depósito pessoal, onde encontraram outros 10 quilos de cocaína, uma prensa industrial, balança de precisão e diversos materiais utilizados para preparação e embalagem da droga, assim como documentos pessoais e comprovantes de deposito bancários.

No local foram encontradas gravuras de uma cobra Naja, de cor verde, idênticas ao material apreendido em janeiro, no Rio Grande do Sul, ocasião em que foram aprendidos cerca de 400 quilos de cocaína, o remete ao envolvimento do conduzido com facção criminosas de fora do DF. O conduzido possui dois mandados de prisão do estado do Mato Grosso do Sul e diversas passagens policiais no estado do Rio de Janeiro, São Paulo, inquérito policial na Policia Federal, inclusive condenações por tráfico de drogas, por uso de documento falso e tráfico de drogas.

O homem é conhecido como PLAYBOY e é oriundo do Estado do Rio de Janeiro. No mandado de prisão constou que o conduzido possui outros três nomes falsos. A CORD está contando com a colaboração do Ministério da Justiça e de diversas polícias civis estaduais no sentido de localizar outras informações sobre o preso, haja vista possuir mandados de prisão vinculados a nomes diversos.

Por: Assessoria de Comunicação/DGPC

Continue lendo

Distrito Federal

DPCA prende homem que abusou sexualmente das filhas

O homem também manteve relações sexuais, mediante pagamento, com duas amigas adolescentes de suas filhas, de 16 e 17 anos.

Publicado

on

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Na manhã de ontem, 8, a Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) deflagrou a Operação PATER DAMPNAS, dando cumprimento aos Mandados de Prisão Temporária e de Busca e Apreensão expedidos pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher do Recanto das Emas contra um homem de 49 anos, investigado por abusar sexualmente de suas filhas entre os anos 2005 e 2020.

No dia do registro da ocorrência, a equipe da Seção de Inteligência Policial – SIP – da Especializada empreendeu diligências coletando informações complementares, ocasião em que ficou constatado que o autor também tentou abusar sexualmente de uma sobrinha de 7 anos.

Por: Assessoria de Comunicação/DGPC

Continue lendo

Popular