conecte-se conosco

Celebridades

Spencer Elden processa banda Nirvana por exploração sexual

De acordo com o homem, sua imagem foi utilizada de forma indevida na capa do disco ‘Nevermind’, quando ele ainda era um neném.

Foto: Reprodução/ Internet

Spencer Elden, que apareceu nú com apenas 4 meses de idade na capa do disco “Nevermind”, do Nirvana, lançado em 1991, está processando a banda. O rapaz alega que foi explorado sexualmente quando era criança, há 30 anos atrás. De acordo com o jornal “The Guardian”, o processo foi aberto na Califórnia, nos EUA, e conta com diversos depoimentos, 15 réus, incluindo membros da banda e a gravadora que lançou e distribuiu o disco.

 A alegação dos advogados de defesa é que  houve “exploração sexual infantil comercial, desde quando Elden era menor de idade até os dias atuais”. A imagem de Spencer teria ainda sido atrelada a um  trabalhador do sexo. Aos 30 anos de idade, Spencer pede uma indenização de US$ 150 mil (cerca de R$ 787 mil) de cada uma das partes. 

No processo, é alegado a produção de pornografia infantil com sua imagem, que o mostra nadando nu em direção a uma nota de um dólar. De acordo com a vítima, ele sofre danos permanentes com a capa, incluindo “sofrimento emocional extremo e permanente com manifestações físicas”.

O álbum foi lançado em 1991, após a realização de diversos ensaios para escolher quem seria o bebê da foto. O rapaz alega que nunca foi pago para aparecer na capa e que seus pais não assinaram uma autorização de direito de imagem, mas de acordo com outras informações, seus pais teriam recebido US$ 250 na época para o ensaio exclusivo.

Para continuar atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos, lembre-se de checar nosso site e seguir o nosso perfil do Instagram (@OPanoramaOficial).

Celebridades

Jô Soares morre aos 84 anos em São Paulo

Funeral será apenas para a família e amigos

Publicado

on

Divulgação Rede Globo/Direitos Reservados

O autor e ator Jô Soares morreu na madrugada de hoje (5), aos 84 anos, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês. A informação foi divulgada por Flávia Pedras Soares, em sua conta no Instagram. Ela foi ex-mulher do artista.

Segundo Flávia, o funeral será apenas para família e amigos próximos. José Eugênio Soares, o Jô Soares, nasceu em 16 de janeiro de 1938, no Rio de Janeiro, filho do empresário paraibano Orlando Heitor Soares e de Mercedes Leal Soares. Sua estreia como ator ocorreu no filme O Homem do Sputnik, filme de Carlos Manga.

Jô escreveu roteiros para programas de televisão em emissoras como as TVs Continental, Record e Globo. E também atuou em diversos programas humorísticos das TVs Tupi, Record, SBT e Globo.

Viva o Gordo

Entre os shows televisivos que comandou mais estão o humorístico Viva o Gordo e seus programas de entrevistas Jô Soares Onze e Meia, no SBT, e Programa do Jô, na Globo. Este último ficou no ar por 17 anos, de 2000 a 2016.

Jô Soares também se aventurou na literatura, publicando romances como O Xangô de Baker Street, O Homem que Matou Getúlio Vargas, Assassinatos na Academia Brasileira de Letras e As Esganadas.

Sobre o ex-marido, Flávia escreveu: “ você é orgulho para todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo. Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores”, disse ela.

Hospital

O Hospital Sírio-Libanês informou, em nota, que o ator, escritor, diretor e apresentador Jô Soares, de 84 anos, estava internado ali desde o dia 28 de julho. Nesse período, foi acompanhado pelas equipes do corpo clínico. O hospital não informou qual foi a causa da morte. A nota é assinada pelo diretor de Governança Clínica Luiz Francisco Cardoso e o diretor Clínico, Ângelo Fernandez.

Repercussão

O Fluminense, clube pelo qual o humorista torcia, postou uma mensagem no seu perfil do Twitter lamentando a morte do artista. “O Fluminense lamenta profundamente a morte do apresentador, humorista, ator e escritor Jô Soares, um dos principais nomes do cenário cultural brasileiro e tricolor de coração. Desejamos muita força aos amigos e familiares”, disse o clube.

Outros clubes também se manifestaram. “O dia amanheceu triste. Nos deixou, aos 84 anos, o ator, escritor e humorista Jô Soares. Uma perda irreparável para a televisão brasileira. O Botafogo deseja força aos familiares, amigos e fãs. Obrigado por nos proporcionar tantos momentos de alegria, Jô! Descanse em paz”, postou o Botafogo.

“Fiel, hoje começamos o dia bem tristes. Ator, escritor e um dos maiores humoristas do Brasil, Jô Soares nos deixou. Agradecemos cada risada, cada programa e cada madrugada juntos. Abraçamos os amigos, parentes e fãs desse ícone da TV e do teatro em nosso país”, postou o Corinthians.

A cantora e compositora Zélia Duncan destacou numa rede social que, entre tantas funções, Jô Soares era um entrevistador brilhante.

“O Brasil perdeu hoje um artista único, um comediante que amava seu ofício acima de tudo, um ator fora de série. Um entrevistador brilhante. Um cidadão que amava seu país e seus amigos. Jô Soares, obrigada por tanto!”, disse ela.

Pelé

O ex-jogador Pelé contou ter acordado triste com a notícia da morte do amigo. “Jô era um grande amigo, inteligente, perspicaz, bem humorado e adorava uma boa conversa. Acordo muito triste com a notícia de que essa grande estrela nos deixou. Apesar daquela famosa fala do filme, não, eu não sou Jô Soares. Mas como profundo admirador, eu adoraria ter sido”, postou Pelé.

Para a apresentadora Ana Maria Braga, o dia amanheceu sem graça. “Eu tive a honra de conhecer e conviver com esse jornalista e humorista tão talentoso e querido de todos nós. Hoje o dia amanheceu mais sem graça. Vá em paz meu amigo!”, escreveu no Instagram.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Celebridades

Jovem acusa Ezra Miller de abuso psicológico e agressão

Os dois mantinham um relacionamento desde que a garota tinha 13 anos

Publicado

on

Reprodução/Internet

O ator Ezra Miller de 29 anos está novamente sendo acusado de agressão. Um casal afirma que sua filha, Tokata Iron Eyes, de 18 anos, foi agredida e manipulada psicologicamente por Miller durante anos, ao mesmo tempo em que se relacionavam.

Os pais de Tokata pediram uma medida protetiva contra o ator. “Ezra usa violência, intimidação, ameaça de violência, medo, paranóia, delírios e drogas para dominar uma jovem adolescente como ela”,, alegam eles.

Segundo alguns documentos obtidos pelo TMZ, os pais da garota, ela e Ezra se conheceram em 2016. Em 2017, durante as gravações de “Animais Fantásticos: Os  Crimes de Grindelwald” (2018), a jovem foi levada, por Miller, ao set de gravações, onde ele ofereceu LSD, maconha e álcool.

Em janeiro deste ano, ao buscarem a garota em Vermont, os pais notaram hematomas que teriam sido causados pelo intérprete do Flash. Além disso, eles descobriram que a filha não possuía acesso a itens como chaves do carro, carteira de habilitação ou cartão de crédito, isso levantou suspeitas sobre como o astro restringia o estilo de vida de Tokata.

Eles pediram uma intervenção jurídica da justiça estadunidense e conseguiram uma audiência para o próximo mês (julho). Vale lembrar que Ezra Miller foi acusado de agressão por uma mulher no Havaí, também em 2022.

Por Lucas Melise

Continue lendo

Celebridades

Suspeitos de furtar apartamento de Carlinhos Maia são presos na Paraíba

Os assaltantes foram localizados após serem vistos em posse de veículo utilizado no crime

Publicado

on

Reprodução/Instagram

Na madrugada desta terça (7), a Polícia Civil da Paraíba (PCPB), em parceria com a Polícia Civil de Alagoas (PCAL), efetuou a prisão dos três suspeitos de furtar o apartamento do influenciador Carlinhos Maia, em Campina Grande, Paraíba. O crime aconteceu no domingo passado (29). Durante a tarde de hoje, a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas concedeu uma entrevista coletiva para comentar as atualizações do caso e revelar as identidades das três pessoas suspeitas.São eles: Eliábio Nepomuceno, Emerson de, conhecido como feijão e Wellington Medeiros, todos já possuíam passagem pela polícia.

Todos os envolvidos foram presos pelo roubo dos pertences de Maia, avaliados em mais de R$ 5 milhões. Eles negam a participação no crime, apesar de todos os indícios. Posteriormente, em outra coletiva, a PCPB afirmou que os assaltantes gastaram mais de R$ 6 mil reais para comemorar o sucesso do furto.

Divulgação/Polícia Civil

A PCAL também confirmou que as investigações ainda estão em andamento, já que os mandantes do crime ainda não foram encontrados. Para a polícia, os presos só eram responsáveis pela execução do crime. Também foram apreendidos sete telefones celulares, uma escada e ferramentas para arrombamento.

Algumas perguntas ainda não foram respondidas, uma das hipóteses levantadas é que o  roubo foi premeditado, pois as câmeras de segurança do prédio de Carlinhos foram desligadas 15 dias antes do ocorrido, tempo exato em que o servidor apaga automaticamente as imagens capturadas. As suspeitas da polícia indicam que os idealizadores são pessoas próximas de Carlinhos e de Lucas Guimarães, seu marido. Essa teoria ganha força pelo fato de que só cinco pessoas além do casal sabiam a senha para destrancar a porta do apartamento.

Por Lucas Melise

Continue lendo

Popular