conecte-se conosco

Esportes

Surfe: seis brasileiros avançam às oitavas de final de Margaret River

Etapa autraliana prossegue nesta segunda, com chamada às 20h

Foto: WSL/Dunbar

Seis brasileiros avançaram às oitavas de final da etapa Margaret River (Austrália)´do Circuito Mundial na madrugada desta segunda-feira (3) e se juntaram à gaúcha Tatiana Weston-Webb, classificada no último sábado (1º). Seguem na disputa os campeões mundiais Gabriel Medina e Ítalo Ferreira – líder e vice no ranking mundial, respectivamente – Caio Ibelli, Filipe Toledo, Jadson André e Peterson Crisanto. Logo mais, às 20h (horário de Brasília), ocorre a primeira chamada das baterias das oitavas. 

Primeiro brasileiro a se classificar, o paranaense  Peterson Crisanto levou a melhor sobre o australiano Owen Wright: venceu por 14,76 contra nota 12,60 do adversário. Hoje à noite, Crisanto duela com o havaiano John John Florence, terceiro colocado no ranking da World Surf League (WSL). Florence é bicampeão em Margaret River e tirou ontem (2) a primeira nota dez na disputa masculina. 

“Eu gosto quando o mar está grande assim, porque consigo mostrar o meu surfe, ainda mais contra o Owen (Wright) que é um ótimo competidor”, disse Crisanto em depoimento ao site da WSL.

O bicampeão Gabriel Medina conseguiu vencer de virada o  australiano Connor O’Leary. O brasileiro passou sufoco no início da bateria, ficando atrás 1,9 ponto de O’Leary, mas desceu boas ondas e concluiu a disputa com 14,97 contra 11,57 do australiano. O próximo adversário de Medina será o havaiano Seth Moniz. 

“Agora é seguir passo a passo, bateria por bateria, porque todo mundo no circuito é difícil de enfrentar, então vou manter meu foco”, afirmou Medina.

O atual campeão Ítalo Ferreira sobrou diante do veterano Adrian Buchan, da Austrália. O potiguar alcançou 15,57 contra 10,50 de Buchan. Ítalo disputará vaga nas quartas contra o compatriota Caio Ibelli, que foi semifnalista da etapa australiana em 2019. Caio superou o francês Michel Bourez, com nota final 17,04 contra 13,24 do rival. Se Ítalo avançar às quartas,  subirá para o topo do ranking mundial, e Medina cairá para a vice-liderança. 

“Eu amo o que faço e quero mais eventos assim, com ondas de verdade. Sinto que competir em beach breaks [praias com fundo de areia] não é o meu forte. Aqui eu consigo me soltar e parece até que estou fazendo um freesurf [sessão de treinos], me divertindo bastante e bem relaxado”, contou.

Fechando a classificação na madrugada desta segunda, o potiguar Jadson André venceu raspando o catarinense Yago Dora – André com resultado final de 10,90 contra 10,46 de Dora. Jadson fará o outro embate de brasileiros por vaga nas quartas de final: o adversário será Filipe Toledo que eliminou o paulista Miguel Pupo da disputa. Toledo concluiu a série com 13,73 contra 11,33 de Pupo.

Por: Agência Brasil

Clique para comentar

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Surfe: Ítalo Ferreira chega às quartas de final em Margaret River

Gabriel Medina é eliminado após perder para havaiano Seth Moniz

Publicado

on

Foto: WSL/Dunbar

O mar de Main Break voltou a subir, o que permitiu o retorno das disputas da etapa de Margaret River (Austrália) do Circuito Mundial de Surfe. E quem avançou para as quartas de final da competição foi o atual campeão mundial Ítalo Ferreira, que superou (por 16,57 a 10,83) o também brasileiro Caio Ibelli na noite desta quarta-feira (5).

Na próxima fase, o potiguar medirá forças com outro membro da Brazilian Storm, Filipe Toledo, que bateu Jadson Andre por 11,83 a 9,47 nas oitavas de final.

Quem ficou pelo caminho foi Gabriel Medina, que cometeu muitos erros diante do havaiano Seth Moniz. O sexto brasileiro nas oitavas, Peterson Crisanto, foi superado pelo bicampeão mundial John John Florence, que triunfou por 13,50 a 8,97.

Continue lendo

Esportes

Internacional goleia Olimpia por 6 a 1 na Libertadores

Com vitória, Colorado fica na liderança do Grupo B

Publicado

on

Foto: Silvio Avila/Direitos Reservados

Os torcedores do Internacional tiveram uma quarta-feira (5) de diferentes emoções. Primeiro veio a alegria, quando o atacante peruano Paolo Guerrero anunciou que ficaria no clube. Momentos antes da partida contra o Olímpia (Paraguai), que marcou o retorno de Taison com a camisa Colorada, veio a frustração quando Patrick foi cortado por uma lesão que vai afastá-lo do futebol por cerca de 10 dias.

No gramado do Beira-Rio, o Colorado conseguiu uma vitória avassaladora de 6 a 1 sobre os paraguaios. O resultado deixou o time comandado pelo técnico espanhol Miguel Ángel Ramírez com 6 pontos, liderando o Grupo B da Copa Libertadores.

O primeiro tempo foi modesto para o Colorado. Aos 28 minutos, o zagueiro Victor Cuesta marcou de peixinho, para abrir o marcador, após escanteio cobrado pelo lateral Rodinei.

O melhor mesmo ficou para a segunda etapa. De pênalti, aos 7 minutos, Edenílson ampliou para 2 a 0. Depois, o artilheiro Thiago Galhardo marcou dois gols em sequência, aos 18 e aos 25 minutos. O quinto veio com Yuri Alberto aos 31 minutos. Porém, o melhor ficou para o final, aos 34 minutos Caio Vidal acertou uma linda bicicleta. O Olímpia ainda reuniu forças para marcar o gol de honra aos 40, com Derlis González. Esta foi a maior goleada do Colorado na história da Libertadores.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Esportes

Com dois gols de Gabriel, Flamengo vence LDU em Quito

Atacante se iguala a Zico na artilharia rubro-negra na Libertadores

Publicado

on

Foto: Rayra Paiva Franco/O PANORAMA

No estádio Casa Blanca, nos 2.850 metros de Quito, o Flamengo derrotou a LDU por 3 a 2 na noite desta terça-feira (4). O destaque da partida foi Gabriel Barbosa, que balançou a rede em duas oportunidades, empatando com Zico no topo da artilharia história do Rubro-Negro na história da competição continental com 16 gols.

Este foi o terceiro triunfo consecutivo da equipe da Gávea no Grupo G da Libertadores, o que lhe permitiu alcançar os 9 pontos e praticamente deixar a classificação encaminhada para as oitavas de final.

Com João Gomes e Bruno Viana nos lugares dos contundidos Gerson e Rodrigo Caio, o time comandado por Rogério Ceni mostrou segurança e eficiência. Logo aos dois minutos, Everton Ribeiro livrou-se do marcador e lançou para Gabriel Barbosa concluir com calma e abrir o marcador. Aos 12, a equipe equatoriana até marcou com Zunino, que, completamente impedido, teve o gol anulado. Aos 22, Everton Ribeiro arriscou de longe para o goleiro Gabbarini espalmar para escanteio de mão trocada. Porém, ainda antes do intervalo o Flamengo chegou ao segundo, quando, aos 30 minutos, Bruno Henrique arrematou de fora da área para marcar um belo gol.

O segundo tempo começou bem diferente para os brasileiros. Sentindo um desconforto muscular, o camisa 1 Diego Alves deu lugar a Hugo no intervalo. Já o técnico uruguaio Pablo Repetto promoveu uma mudança tripla, lançando mais dois atacantes. Logo aos 4, após cruzamento pela esquerda, Martínez Borja escorou de cabeça para diminuir e fazer valer a lei do ex no futebol, já que o colombiano foi jogador da Gávea em 2010. Após cobrança de córner, aos 15, Amarilla, de barriga, colocou tudo igual. Porém, após suportar a pressão, o Flamengo conseguiu garantir o triunfo aos 38 minutos, quando Gabriel cobrou pênalti com categoria para alcançar mais uma marca histórica.

🔴⚫🇧🇷 ¡Gabi, histórico!

🔥⚽ Con sus dos goles esta noche, @gabigol alcanzó a @Galinho1953 como máximo goleador de @Flamengo en la CONMEBOL #Libertadores.

🏆 ¡Dos campeones!#GloriaEterna pic.twitter.com/UY5NBvVtJT— CONMEBOL Libertadores (@Libertadores) May 5, 2021

O time de Rogério Ceni retornou a campo no próximo sábado (8), no Maracanã, para enfrentar o Volta Redonda pelo segundo jogo da semifinal do Campeonato Carioca. Pela Libertadores, o Mais Querido vai ao Chile na terça (11) para encarar o Unión La Calera (Chile).

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Popular