conecte-se conosco

Esportes

Vasco encerra tabu, derrota Flamengo e segue vivo no Carioca

Cruzmaltino, que não superava o rival há 17 jogos, assume 5º lugar

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O tabu chegou ao fim. Nesta quinta-feira (15), o Vasco da Gama derrotou o Flamengo por 3 a 1, no Maracanã, pela 9ª rodada da Taça Guanabara do Campeonato Carioca, encerrando um jejum de 17 jogos sem vitórias sobre o maior rival.

O Cruzmaltino subiu para o quinto lugar do Estadual, com 13 pontos, três pontos atrás do Fluminense, quarto colocado. O Rubro-Negro continua com 19 pontos e perdeu a chance de reassumir a ponta, mas já está garantido nas semifinais (os quatro primeiros se classificam). O Volta Redonda, com 20 pontos, lidera a tabela do Carioca.

O Flamengo já volta a campo neste sábado (17), às 21h05 (horário de Brasília), diante da Portuguesa, em local a ser definido. No domingo (18), às 18h30, o Vasco visita o Boavista no estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Bacaxá, distrito de Saquarema (RJ). Os jogos valem pela 10ª rodada do Estadual.

Apesar de o primeiro lance de perigo ter sido do Flamengo (cabeçada do atacante Bruno Henrique, por cima do gol, aos três minutos), foi o Vasco que abriu o placar. Aos cinco minutos, Zeca bateu escanteio e o também lateral Léo Matos, de cabeça, mandou para as redes. Com o Cruzmaltino bem postado na defesa, o Rubro-Negro só conseguiu assustar novamente aos 25 minutos, em chute cruzado, de bico, do atacante Gabriel, à direita da meta. Na sequência, aos 27, Germán Cano recebeu do também atacante Morato e aumentou.

Pouco antes do intervalo e logo no início da segunda etapa o goleiro Lucão brilhou, defendendo finalizações de Bruno Henrique e do volante Gerson. O Flamengo intensificou a pressão. O atacante Vitinho acertou a trave aos cinco minutos. Aos nove, Lucão salvou o chute de primeira do meia Everton Ribeiro na área. Aos 15, evitou a cabeçada de Bruno Henrique, após cruzamento do lateral Filipe Luis pela esquerda. Vitinho e Gerson também insistiram, mas fracassaram na pontaria.

O Vasco foi novamente eficiente. Aos 32 minutos, o meia Matías Galarza lançou Morato, que escapou de Filipe Luis e fez o terceiro gol cruzmaltino. O Flamengo ainda tentou descontar. Aos 41, Gabriel parou em Lucão (de novo). Nos acréscimos, enfim, o Rubro-Negro balançou as redes com Vitinho, na sobra de um chute do meia Diego, que desviou na marcação.

De última hora

Horas antes de a bola rolar no Maracanã, o Flamengo informou que o meia Giorgian De Arrascaeta estava fora do clássico. O clube informou que o uruguaio reclamou de dores no tornozelo direito após a conquista da Supercopa do Brasil, no domingo (11), e foi submetido a um exame de imagem, que constatou uma entorse no local.

Por: Agência Brasil

Esportes

Cristiano Ronaldo ultrapassa marca de 800 gols na carreira

Português marcou na vitória de 3 a 2 do Manchester sobre o Arsenal

Publicado

on

Reuters/Phil Noble

Cristiano Ronaldo ultrapassou a marca de 800 gols na carreira, nesta quinta-feira (2), ao balançar as redes duas vezes na vitória do Manchester United sobre o Arsenal por 3 a 2, em uma partida do Campeonato Inglês repleta de emoção.

O Arsenal abriu o placar de forma bizarra aos 13 minutos, quando, em um escanteio, o goleiro do Manchester United David De Gea caiu segurando o pé após se chocar com o brasileiro Fred, e Emile Smith Rowe aproveitou para tocar para o gol desprotegido.

Como o árbitro Martin Atkinson não apitou antes de a bola entrar na rede e não houve falta, o gol foi mantido.

O United empatou um minuto antes do intervalo com um gol do português Bruno Fernandes e virou aos 7 minutos do segundo tempo, quando Cristiano Ronaldo aproveitou um cruzamento rasteiro de Marcus Rashford para marcar seu 800º gol na carreira.

O Arsenal reagiu rápido por intermédio de Martin Odegaard, mas CR7 fez o gol da vitória em cobrança de pênalti após Atkinson ir até o monitor do campo e determinar que Fred havia sido derrubado por Odegaard.

A partida começou com os torcedores do Manchester United exibindo uma faixa em homenagem ao ex-técnico Ole Gunnar Solskjaer, demitido no mês passado. O novo técnico do clube, Ralf Rangnick, assistiu ao jogo das arquibancadas.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Esportes

Grêmio derrota São Paulo e ganha fôlego na luta contra o rebaixamento

Tricolor gaúcho segue ameaçado, mas diminui distância para sair do Z4

Publicado

on

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio ganhou sobrevida na luta pela permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira (2), os gaúchos bateram o São Paulo por 3 a 0 na Arena, em Porto Alegre, pela 35ª rodada da competição.

O Tricolor gaúcho segue na zona de rebaixamento, na 18ª posição, agora com 39 pontos, três atrás do Athletico-PR, primeiro time fora do Z4 e que joga sexta-feira (3) contra o Cuiabá, às 19h (horário de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba. O Dourado também é concorrente direto dos gremistas na luta contra a queda, já que soma 43 pontos, na 15ª colocação.

O São Paulo, por sua vez, perdeu a chance de se livrar de vez do risco de rebaixamento. O Tricolor paulista está em 12º lugar, com 45 pontos, cinco a menos que o Bahia, 17º colocado e primeiro time no Z4. O clube do Morumbi também ficou distante da vaga na próxima Libertadores, permanecendo três pontos atrás do América-MG, que aparece em oitavo e, neste momento, estaria indo à fase preliminar do torneio continental.

O Grêmio entrou em campo mais ligado e pressionou desde o início. Aos 12 minutos, o meia Jaminton Campaz deixou Thiago Santos, sem goleiro, em condições de finalizar. O volante bateu de primeira, mas o zagueiro Miranda, com a perna, salvou o São Paulo. O camisa 5 se redimiu dez minutos depois ao completar, de cabeça, um cruzamento pela esquerda do lateral Diogo Barbosa, abrindo o marcador. Os anfitriões recuaram as linhas e os visitantes tentaram controlar as ações ofensivas, mas sem dar trabalho ao goleiro Gabriel Grando.

O time da casa retomou a postura ofensiva na volta do intervalo. Aos seis minutos, Ferreira recebeu na esquerda, escapou de três marcadores e chutou rente à trave. Aos 21, o atacante tirou o meia Igor Gomes e acertou o poste. Na sequência, Diogo Barbosa, de perna direita, acertou o ângulo do goleiro Tiago Volpi, ampliando a vantagem gaúcha. O terceiro só não saiu aos 24 porque o atacante Miguel Borja completou (na trave) o cruzamento rasteiro de Campaz pela esquerda.

Nos acréscimos, ainda deu tempo de Jhonata Robert marcar um golaço. Aos 48 minutos, o meia aproveitou o pivô feito por Borja no meio-campo, viu Tiago Volpi adiantado e mandou por cobertura, para alegria dos 9.312 torcedores presentes na Arena do Grêmio.

No domingo (5), às 16h, o Grêmio visita o Corinthians na Neo Química Arena, na capital paulista. No dia seguinte, às 19h, o São Paulo recebe o Juventude no Morumbi. Os jogos valem pela 37ª rodada do Brasileiro.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Esportes

Sem chance de título, Flamengo cumpre tabela contra rebaixado Sport

Duelo entre rubro-negros será transmitido ao vivo pela Rádio Nacional

Publicado

on

Marcelo Cortes/Flamengo

O embate desta sexta-feira (3), entre Sport e Flamengo, é válido pelo Campeonato Brasileiro deste ano, mas não é exagero dizer que os dois times vão a campo pensando em 2022. O Rubro-Negro pernambucano está rebaixado à Série B, enquanto o carioca não tem mais chances de alcançar o Atlético-MG, que assegurou o título nacional na última quinta-feira (2). A bola rola na Ilha do Retiro, em Recife, a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da Rádio Nacional.

Em 19º lugar, com 33 pontos, o Sport teve a queda à segunda divisão decretada com a vitória do Juventude sobre o Red Bull Bragantino, por 1 a 0, na última terça-feira (30), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). Foi o sexto rebaixamento à Série B do Leão, que já havia caído em 1989, 2001, 2009, 2012 e 2018. A equipe pernambucana viveu uma temporada tumultuada, com cinco presidentes e erros graves pelo departamento de futebol na inscrição de atletas contratados para o Brasileiro.

Apesar do rebaixamento, o clube anunciou a renovação de Gustavo Florentín. O técnico teve baixo aproveitamento (33,3%), mas o nível de atuação da equipe evoluiu sob comando do paraguaio. Nesta sexta-feira, ele deve repetir a formação derrotada por 2 a 0 pelo São Paulo no sábado passado (27), no Morumbi, na capital paulista. O provável Sport terá: Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Marcão; José Welison, Hernanes, Gustavo Oliveira e Everton Felipe; Mikael.

O Flamengo terá o segundo compromisso desde a saída de Renato Portaluppi, demitido após a derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, em Montevidéu (Uruguai), na final da Libertadores, disputada no último sábado. A equipe é comandada, de forma interina, pelo auxiliar Maurício Souza. Na terça passada, o Rubro-Negro bateu o Ceará por 2 a 1, no Maracanã, no Rio de Janeiro, chegando a 70 pontos. O resultado assegurou, ao menos, o vice-campeonato brasileiro aos cariocas.

Além do meia Everton Ribeiro, suspenso, não foram relacionados os laterais Filipe Luís e Mauricio Isla, o volante William Arão, o zagueiro Léo Pereira, os meias Giorgian De Arrascaeta e Andreas Pereira e o atacante Gabriel Barbosa. Fora o camisa 9, com faringite, as demais ausências têm aspecto físico, por lesão ou desgaste. Os zagueiros David Luiz e Rodrigo Caio, por outro lado, retornam à equipe. A formação provável do Flamengo terá: Hugo; Matheuzinho, Rodrigo Caio, David Luiz e Ramon; Thiago Maia, Diego Ribas, Vitinho e Michael; Bruno Henrique e Pedro.

Outras três partidas movimentam o Brasileiro nesta sexta-feira. Às 19h, o Athletico-PR recebe o Cuiabá na Arena da Baixada, em Curitiba, em confronto direto para fugir do Z4. Às 20h, o Atlético-GO visita a já rebaixada Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó (SC), podendo sacramentar a permanência na Série A se vencer. Já às 21h tem Fortaleza e Juventude na Arena Castelão, na capital cearense. O Leão do Pici encaminha a vaga à Libertadores em caso de triunfo, enquanto o Papo tenta respirar na luta contra a queda à segunda divisão.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Popular