conecte-se conosco

10 receitas de drinks para fazer em casa

O fim de semana se aproxima e nada melhor que relaxar e curtir com os amigos depois de uma exaustiva semana de trabalho. E para fazer um Happy Hour com grande estilo, O Panorama separou algumas receitas fáceis e deliciosas de drinks para servir aos convidados. Confira!

Drink  Basílico

Ingredientes

50 ml de Gin 

10 folhas de manjericão

 2 pedaços de gengibre 

25 ml de suco de limão-siciliano 

20 ml de xarope simples 

2 dashs de angostura no topo

Modo de preparo

Em um recipiente amasse o gengibre e o manjericão. Ponha as iguarias maceradas em um coqueteleira e adicione os demais ingredientes. Bata a bebida com gelo (a gosto), coe e sirva. Enfeite da forma que achar melhor.  

Cheeta

Para fazer esse drink não tem segredo. Basta usar 50 ml de Gin, 35 ml de licor de flores sauco, 20 ml de chá de pêssego e 20 ml de suco de limão-siciliano. Coloque todos os ingredientes em uma taça, adicione gelo e mexa. 

Drink Timo

Ingredientes

60 ml de infusão de vodca com Manjericão

15 ml de licor Limocello 

15 ml de Vermute tinto

15 ml de Campari

1 fatia de laranja Bahia

Modo de preparo

Coloque dois cubos de gelo, Limocello, Vermute tinto, Campari e a vodca com manjericão em um recipiente. Em seguida, com um mixer, misture os ingredientes. 

Depois, maçarique o alecrim e a canela e coloque dentro do mixer deixando as especiarias defumarem. Em seguida, coe e coloque em uma taça de conhaque com uma fatia de laranja. Divirta-se!

Mojito 

Ingredientes:

10 uvas verdes sem caroço

10 folhas de hortelã

50 ml de rum prata

25 ml de arak

25 ml de suco de limão

5 ml de mel de flor de laranjeira

Gelo e espumante Moscatel

Modo de preparo

Amasse em um copo alto a hortelã, as uvas e o mel de laranjeira. Em seguida, coloque o gelo, o rum, o arak, o suco de limão e complete com o espumante Moscatel. Simples, prático e gostoso!

Batida de paçoquinha

Ingredientes

200 ml de cachaça

50 ml de vodca

75 ml de leite condensado

150 ml de doce de amendoim em creme

½ paçoquinha 

100 ml de creme de leite fresco

Modo de Preparo

Bata todos os ingredientes em um liquidificador, em seguida coe finamente e armazene em garrafas de 500 ml na geladeira por 1h. Depois é só servir!

Gim tônica com romã e manjericão

Ingredientes

60 ml de gim

2 colheres de sopa cheias de sementes de romã

Um punhado de manjericão

Gelo

Água tônica

Modo de preparo

Adicione as sementes de romã em uma taça e amasse levemente, para soltar um pouco do líquido e o aroma. Separe as folhas do cabo do manjericão e coloque-as na taça. Some os 60 ml de gim, adicione bastante gelo e complete com água tônica. 

Coquetel de maracujá

Ingredientes

4 polpas de maracujá

120ml de leite condensado

120 ml de cachaça

Cubos de gelo

Modo de preparo

Adicione todos os ingredientes no liquidificador, exceto o gelo, e bata até ficar bem homogêneo. Pegue um copo, coloque os cubos de gelo e ponha o líquido batido. Dica: você pode usar outros tipos de frutas e decorar o copo com hortelã. Desfrute!

Piña Colada

Esse é o famoso drink de verão. Para fazê-lo, será necessário: 100 ml do rum de sua preferência, 100 ml de leite de coco, 200 ml de suco de abacaxi, 6 rodelas de abacaxi para guarnição e gelo a gosto. Bata tudo no liquidificador e sirva bem gelada! 

Tequila Sunrise

Esse é um dos drinks mais fácil de se fazer, não requer muita habilidade ou prática, basta ir colocando os ingredientes em um copo na ordem: gelo, 1 dose de tequila, meia dose de vodka (opcional), suco de laranja para completar o copo e grenadine ou groselha,  para dar a coloração (por ser denso, enfeita o fundo do copo). Delicie-se!

Sexy On The Beach

Ingredientes

1 medida de Licor de Pêssego

1 medida de Vodka 

2 medidas de Suco de Laranja

3 medidas de Suco de Cranberry e Suco de Pessego

Gelo

1 colher de suco de limao

Laranja ou Limao para decorar

Copo Grande

Modo de preparo

Encha o copo de gelo, coloque o licor e a vodka, em seguida adicione os sucos de laranja, cranberry e de pêssego. Mexa tudo com uma colher para que os ingredientes se misture e logo após acrescente o suco de limão. Bon appetit!

Veja este e outros webstories em: https://opanorama.com.br/webstories/

Distrito Federal

O Panorama da Odontologia: Cirurgião dentista Simone Fonseca fala sobre atendimento odontológico no Sesc DF

Com 25 anos de profissão, a Dra. Simone faz parte do Sesc DF há 20 anos realizando um importante trabalho no setor odontológico da unidade

Publicado

on

Foto: Dimitri

O quadro O Panorama da Odontologia recebe para um bate-papo a Cirurgiã Dentista Simone Fonseca, em entrevista ao Dr. Ricardo Paulin. Simone Gomes Camargo Fonseca é goiana, mas formou-se em Uberaba pela Uniube e agora é Supervisora de saúde bucal do Sesc DF, atuando na unidade há 20 anos.

Durante a entrevista a Dra. Simone falou um pouco sobre a história do Serviço Social do Comércio (Sesc) e a missão que o programa tem. Em Brasília o Sesc surgiu em 1966, apesar de ter sido criado nacionalmente em 1945.

“A missão do Sesc é realmente trazer qualidade de vida, nas áreas de atuação de: saúde, nutrição, alimentação, turismo, lazer, esporte e educação. São muitas áreas de atuação do Sesc”

falou a Dra. Simone.

Foto:Dimitri

A cirurgiã dentista falou também sobre a atuação do Sesc DF na área odontológica durante a pandemia e sobre os serviços oferecidos nesta área. Dividido em duas frentes de trabalho o Sesc oferece atendimento com foco em atenção básica voltados para a Clínica Geral em odontologia e as especialidades como: endodontia, periodontia, prótese e odontopediatria.

“Desde 1966 nós temos odontologia dentro do Sesc, tem muito tempo e já é algo consolidado. Nós temos vários serviços e nosso paradigma é a atenção básica. Então pela atenção básica nós temos vários serviços disponibilizados”,

completou a cirurgiã. 

De acordo a supervisora hoje a unidade do Sesc DF conta com 48 dentistas que prestam atendimento em diversas áreas e atendem anualmente 1120 mil consultas odontológicas com mais de 600 mil procedimentos odontológicos.

“Durante a pandemia o Sesc não parou, temos atuado incansavelmente. Na odontologia nós atendemos neste período urgências odontológicas de março até julho. Atendemos a sociedade e quem precisou, procurou o Sesc e foi atendido”

falou Simone.

A Supervisora falou ainda dos desafios que este período trouxe, entre eles a participação da equipe em um estudo epidemiológico junto ao GDF.

“Nós participamos de um estudo epidemiológico e logo em seguida recebemos o convite para continuar nesta missão em parceria com o GDF e então começamos na vacinação a partir de março”

explicou a Dra. Simone.

Foto: Dimitri

Entre outros tópicos Simone explicou ainda a disposição de atendimento odontológicos nas unidades Sesc DF e nas unidades móveis. A Dra. falou ainda da importante ação voltada para cultura e educação, que são pontos também importantes para aumentar a qualidade de vida da população.

Para finalizar a cirurgiã dentista falou sobre os próximos projetos para a retomada das atividades do Sesc em 2022, entre eles o início dos trabalhos com implante odontológico nas unidades. Para ter acesso a entrevista completa com a Dra. Simone Fonseca acesse o canal de Youtube do O Panorama.

dimitri

Continue atualizado sobre saúde, política, cultura pop e outros assuntos visitando nosso site e seguindo o nosso perfil no Instagram @OPanoramaOficial

Continue lendo

Brasil

CPI terá dia dedicado a ouvir parentes de vítimas da covid-19

em meio a divergências, votação do relatório fica para semana que vem

Publicado

on

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Às vésperas do fim dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado, o gramado em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, ganhou, nesta segunda-feira (18), um grande varal com 600 lenços brancos. A instalação, feita pela organização não governamental (ONG) Rio de Paz, simboliza os mais de 600 mil mortos pela covid-19 no Brasil. Os mesmos lenços foram expostos na Praia de Copacabana, Rio de Janeiro, no início deste mês.

Cronograma da CPI

Com uma nova mudança na programação do colegiado, a data escolhida para a ação coincide com o dia que será dedicado exclusivamente a depoimentos de sete vítimas diretas e indiretas da covid-19 no colegiado. Durante o fim de semana, os senadores decidiram cancelar a oitiva de Nelson Mussolini, do Conselho Nacional de Saúde (CNS), que seria ouvido hoje. Mussolini integra a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), órgão consultivo do Ministério da Saúde. Ele seria cobrado a dar explicações sobre a última reunião da Conitec que retirou de pauta um documento que pretendia vetar o uso de medicamentos ineficazes no tratamento contra a covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS).

A mudança na programação fez com que outro depoimento previsto para hoje, o de Elton da Silva Chaves, representante do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), que também integra a Conitec, fosse reagendado para amanhã (19). Com isso, a leitura do relatório do senador Renan Calheiros (MDB-AL) passou para quarta-feira (20). Para evitar questionamentos na Justiça e garantir tempo suficiente para os senadores analisarem o texto, o presidente do colegiado, senador Omar Aziz (PSD-AM), remarcou a votação do parecer para a próxima semana, na terça-feira (26).

Divergências

As alterações no calendário da CPI foram motivadas por divergências entre o chamado G7 – grupo de senadores independentes ou de oposição que tem maioria na comissão. As divergências são relacionadas a pedidos de indiciamentos no relatório. “Acho muito bom o adiamento, pois nós teremos mais tempo para discutir. A CPI foi uma investigação complexa, feita à luz do dia, com aderência social e que reuniu caminhões de provas. Preciso pacificar essas divergências no grupo após o vazamento [de informações do relatório]. Esse grupo é heterogêneo e é natural que haja divergência em algum ponto”, avaliou Calheiros.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Brasil

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear

A lei foi publicada hoje no Diário Oficial

Publicado

on

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O governo federal sancionou a lei que cria a Autoridade Nacional de Segurança Nuclear (ANSN). O texto, assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, foi publicado na edição de hoje (18) do Diário Oficial da União.

A nova estrutura, que tem sede no Rio de Janeiro, será responsável por monitorar, regular e fiscalizar as atividades e instalações nucleares no país. Segundo a Presidência da República, a ANSN surgiu a partir de um desmembramento da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), a qual agora ficará responsável pelos trabalhos de pesquisa e desenvolvimento do setor.

De acordo com a presidência, a ANSN usará estrutura e pessoal atualmente previstos para a Cnen e, por isso, não causará impacto no Orçamento da União.

Entre as atribuições da nova autarquia estão definir regras sobre segurança nuclear, proteção radiológica, segurança física das atividades e das instalações nucleares; regular e controlar estoques e reservas de minérios nucleares; e conceder licenças e autorizações para usinas nucleares, operadores de reator, pesquisas, e para o comércio interno e externo de minerais e minérios.

“A criação da ANSN tem o objetivo de separar a pesquisa da regulação e, com isso, atender exigências de gestão e também obter mais celeridade nas atividades. Exigência da Convenção de Viena aderida pelo Brasil, a ANSN veio para cumprir o requisito de independência da autoridade nuclear, separando atividades que estavam sendo acumuladas pela Cnen. Além disso, permitirá que os setores de pesquisa e desenvolvimento e regulação atuem de forma separada com interlocutores distintos, trazendo benefícios para ambas as autarquias”, informa nota da presidência.

Por: Agência Brasil

Continue lendo

Popular