conecte-se conosco

Distrito Federal

Campanha “Mulher, não se Cale!” é lançada no DF para combater a violência contra a mulher

A campanha vai durar até o dia 27 de outubro e vai passar por 6 estações

Foto: Divulgação

A Secretaria da Mulher (SMDF), em parceria com o Instituto Inside Brasil, lançou nesta quinta-feira (28) a campanha “Mulher, não se Cale!”, que visa combater a violência contra a mulher, uma das maiores violações dos direitos humanos. 

A iniciativa vai levar informação e orientação às mulheres que circulam nas principais estações do metrô, além de conscientizar a sociedade sobre a importância de denunciar e prevenir esse tipo de violência.

A campanha vai durar até o dia 27 de outubro e vai passar pelas estações Galeria, Central, Águas Claras, Praça do Relógio, Ceilândia Centro e Samambaia Sul. Nesses locais, serão realizadas ações como distribuição de materiais informativos, exposição de cartazes e banners, entre outras.

A secretária da Mulher do DF, Gisele Ferreira, explicou que a campanha visa ampliar o debate sobre a violência contra a mulher no DF, que é uma realidade triste e grave. “Nós queremos que todas as mulheres que sofrem ou testemunham essa violência saibam que elas não estão sozinhas e que elas podem contar com os serviços e canais de atendimento disponíveis para elas”, disse.

A vice-governadora do DF, Celina Leão, também participou do lançamento da campanha e destacou o trabalho integrado que o Governo do Distrito Federal tem realizado para combater a violência contra a mulher. 

“Nós queremos nossas mulheres vivas, por isso estamos fazendo um trabalho integrado com apoio do governador e em conjunto com as secretarias. Hoje a mulher que busca ajuda não sai da nossa delegacia sem uma proteção. Nós não perdemos nenhuma mulher que estava sob nossos protocolos de proteção. Quase 40% das mulheres que morreram não haviam denunciado o agressor, mas já eram vítimas de violência. Campanhas como essa servem de encorajamento para que mais mulheres possam fazer denúncias”, afirmou.

A violência contra a mulher é um problema grave no Brasil. A cada dois minutos, cinco mulheres sofrem violência no país. A Lei Maria da Penha define diversas formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, que podem ser físicas, psicológicas, sexuais, patrimoniais ou morais. Essas violências podem causar danos graves à saúde e à dignidade das vítimas, podendo até levar à morte.

Por isso, é fundamental que as mulheres que sofrem ou testemunham essas violências não se calem e denunciem os agressores. O número para denúncia é o 180, que funciona 24 horas por dia e é gratuito. Além disso, as mulheres podem procurar apoio nos órgãos especializados, como as delegacias da mulher, os centros de referência e as casas-abrigo.

Entre os presentes, estavam a vice-governadora do DF, Celina Leão, a deputada Distrital, Jane Kleber, a secretária da Mulher, Gisele Ferreira, o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, o presidente do Instituto Inside Brasil, Robielisson Lima, a gerente de projetos especiais do Metrô, Letícia Gonçalves, o secretário Executivo da SSP, Alexandre Patury, a subsecretária de enfrentamento a violência, Maíra Castro e o diretor financeiro comercial do metrô, Luiz Felipe Carvalho. 

Distrito Federal

Voo de caças em passagem de comando na FAB assusta moradores do DF

Nove modelos de aeronaves sobrevoaram a capital federal em baixa altitude

Publicado

on

Foto: Reprodução

Brasília foi palco de um show de aviação nesta terça-feira (9/1), quando a Força Aérea Brasileira (FAB) realizou um desfile aéreo em homenagem à troca de comando do Comando de Preparo (Comprep). 

Nove modelos de aeronaves sobrevoaram a capital federal em baixa altitude, provocando admiração e curiosidade nos moradores, que registraram o momento nas redes sociais.

Entre os aviões que participaram da cerimônia, estavam o F-39 Gripen, o mais moderno caça da FAB, o F5, o A1, o KC-390, o SC-105 Amazonas, o E-99, o R-99 e o H-60 Black Hawk.

O desfile aéreo marcou a passagem da chefia do Comprep do tenente-brigadeiro do ar Sergio Roberto de Almeida para o tenente-brigadeiro do ar Pedro Luís Farcic, que assumiu o cargo em uma solenidade realizada na Base Aérea de Anápolis (BAAN) e na Base Aérea de Brasília (BABR).

O Comprep é o órgão responsável por preparar os meios aeroespaciais e de Força Aérea para o emprego operacional, visando à defesa da soberania do espaço aéreo e à integração do território nacional.

Veja o vídeo abaixo:

Continue lendo

Entorno

Mulher é atingida por 250kg durante treino de perna em academia

Mulher estava treinando em academia, quando aparelho se soltou e peso de 250kg caiu sobre suas pernas. Caso aconteceu em Formosa, no Entorno

Publicado

on

Foto: Reprodução

Uma mulher de 29 anos sofreu um acidente enquanto malhava em uma academia de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, na tarde desta quarta-feira (3/1). Segundo testemunhas, ela estava usando um equipamento de musculação para as pernas, quando o banco de apoio se soltou e os 250kg de peso caíram sobre ela.

O namorado da vítima, que também estava na academia, a retirou do local nos braços e a levou para o estacionamento, onde aguardou a chegada do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO). A mulher estava consciente e orientada, mas reclamava de dores nas pernas.

Os bombeiros prestaram os primeiros socorros e a encaminharam para o hospital mais próximo. De acordo com a corporação, não havia sinais de fratura ou lesão grave nas pernas da vítima. O médico que a atendeu confirmou que se tratava de uma contusão muscular e que ela não precisaria ficar internada.

A academia onde ocorreu o acidente não se pronunciou sobre o caso. A Polícia Civil vai investigar as causas e as responsabilidades pelo ocorrido.

Continue lendo

Distrito Federal

Lamborghini de R$ 5 milhões é o carro com IPVA mais caro do DF

Imposto do veículo é R$ 147 mil, segundo Secretaria de Fazenda. Menor valor de IPVA a ser pago é R$ 23,98, de uma moto asiática Huari Marva UF050; pagamento começa em fevereiro.

Publicado

on

Foto: Reprodução

Um dos carros mais luxuosos e potentes do mundo, a Lamborghini Huracan STO, também é o que tem o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) mais caro do Distrito Federal. Segundo a Secretaria de Fazenda (Sefaz), o proprietário desse veículo terá que desembolsar R$ 147.642,96 para quitar o tributo em 2024.

Esse valor é equivalente a 104 salários mínimos, que atualmente está em R$ 1.412. No entanto, se o dono da Lamborghini optar por pagar o IPVA em parcela única até a data do vencimento, ele terá um desconto de 10% e o valor cairá para R$ 132.878,67.

Em contraste, o menor valor de IPVA a ser pago no DF é de apenas R$ 23,98, referente a uma moto asiática Huari Marva UF050, que custa R$ 1.199. O imposto é calculado com base no valor venal do veículo, que é a média de mercado do preço de venda.

O prazo para o pagamento do IPVA começa em fevereiro e varia de acordo com o final da placa do veículo. O pagamento pode ser feito em até seis parcelas ou em parcela única, desde que o valor não seja inferior a R$ 50. Caso o valor total do IPVA seja menor que R$ 100, o imposto deve ser pago em uma única parcela.

Continue lendo

Popular